Tamanho do texto

Brasil subiu ao pódio na categoria peso-pesado (acima de 100 kg) com a prata de David Moura e o bronze de Rafael Baby. Ouro foi para Teddy Riner

O Brasil subiu mais uma vez ao pódio no Mundial de judô, que está sendo disputado em Budapeste, na Hungria, com direito a dobradinha. Neste sábado (2), na categoria peso-pesado, para atletas acima de 100 kg, o país faturou a prata com David Moura e o bronze com Rafael Baby. O campeão da categoria foi mais uma vez o francês Teddy Riner. 

Leia também: Mayra Aguiar derrota japonesa e se torna 1ª brasileira bicampeã mundial de judô

David Moura fez a final no Mundial de judô com Teddy Riner e acabou derrotado
Reprodução/Twitter/@noticiascbj
David Moura fez a final no Mundial de judô com Teddy Riner e acabou derrotado


Com os resultados deste sábado, o Brasil completa a participação individual com um ouro, com Mayra Aguiar, uma prata, com Moura, e dois bronzes, com Baby e Érika Miranda. A competição segue neste domingo na Hungria, com as disputas por equipes. 

Derrota para o imbatível

A final do peso-pesado foi uma luta de favoritos. De um lado, estava David Moura, que é o atual número 1 do mundo da categoria. Do outro, Teddy Riner, que é uma verdadeira lenda em atividade do esporte. Ele não perde uma luta há sete anos, em setembro de 2010. Depois disso, somou dois ouros olímpicos e ainda há havia conquistado o Mundial sete vezes. 

Na decisão, o brasileiro e o francês travaram uma boa luta, decidida apenas no golden score. Aos 5min49s, Riner conseguiu aplicar um ippon e derrotou o brasileiro para conquistar o seu oitavo título mundial. Com isso, ele soma 134 lutas sem derrotas. Não é a toa que carrega o título de imbatível no tatame. 

Leia também: Famoso empresário do boxe mundial inicia transição para se transformar em mulher

Bronze de Baby

Baby, que já tinha uma prata e um bronze em Mundiais, conquistou a terceira medalha na competição
Divulgação
Baby, que já tinha uma prata e um bronze em Mundiais, conquistou a terceira medalha na competição

Teddy Riner também cruzou o caminho de Baby e acabou com as chances dele sonhar com o ouro. Riner venceu o brasileiro nas quartas de final do Mundial em uma luta de apenas 20 segundos. Foram dois waza-aris e o francês imobilizou Baby, liquidando a luta. 

Baby seguiu para a respescagem e chegou até a disputa do bronze, em um duelo acirrado contra o dono da casa Borna Bor. A luta foi até o golden score e prevaleceu a experiência do brasileiro diante do húngaro. Bor recebeu o segundo shido e Baby ficou com a medalha. 

Leia também: Briga generalizada interrompe jogo de basquete na China; assista o vídeo

Eliminados 

Ainda neste domingo, Maria Suelen Altheman (categoria acima de 78kg) e Luciano Corrêa (categoria até 100 kg) foram eliminados na primeira fase e ficaram fora da briga por medalhas no Mundial de judô. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.