Tamanho do texto

Após a confusão, o presidente do UFC afirmou que companheiro de Khabib seria demitido por invasão ao octógono e o russo ameaçou deixar o Ultimate

Briga generalizada após a luta irritou Dana White, presidente do UFC
Reprodução / UFC
Briga generalizada após a luta irritou Dana White, presidente do UFC

Após a confusão generalizada no final da luta entre  Khabib Nurmagomedov e Conor McGregor , o presidente do UFC, Dana White , afirmou que os invasores do octógono jamais lutariam novamente no Ultimate, mas parece ter mudado de ideia.

Leia também: Anderson Silva aceita desafio de Conor McGregor: "Vamos fazer isto acontecer"

Um dos envolvidos na invasão foi Zubaira Tukhugov, amigo de Nurmagomedov, que ameaçou deixar a organização caso seu companheiro de equipe fosse demitido. Questionado, o presidente do UFC afirmou que as partes já estão se entendendo.

"Estamos bem, numa boa com o Khabib. Vocês ficam postando essas merd**. Foi há uma semana. Muita coisa acontece nos negócios em uma semana. Eu sei o que ele disse, mas foi há uma semana. Tudo vai se resolver", disse Dana White ao site "TMZ".

Sobre o próximo adversário de Khabib, o mandatário do UFC desconversou. Entre as possibilidades estão uma revanche contra McGregor ou enfrentar Tony Ferguson, ex-campeão interino do Ultimate.

Leia também: Lutador do UFC comemora doping de Werdum: "Volte para as favelas, seu m****"

"A luta acabou de acontecer, ainda estamos lidando com as questões da comissão. Estamos trabalhando em outros combates até resolvermos esse".

As questões citadas por Dana White são as possíveis punições por causa da briga. A bolsa do lutador russo foi bloqueada pela Comissão Atlética de Nevada.

Por fim, o mandatário defendeu Khabib, alegando que o confronto mexeu com o emocional dos lutadores, e esclareceu que sempre se deu bem com o lutador.

Leia também: Lutador britânico do UFC aprendeu a falar português com ajuda do Google Tradutor

"Estamos bem, resolvemos isso. Vamos solucionar. Obviamente, ele estava um pouco chateado, mas vai dar tudo certo. As pessoas ficam muito emotivas, foi uma luta que mexeu com as emoções. No fim das contas, Khabib é um ótimo cara, sempre tivemos um ótimo relacionamento com ele. Está tudo bem", finalizou o presidente do UFC .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.