Tamanho do texto

Ex-campeã do Peso-palha do UFC, Joanna Jedrzejczyk colocou sua vida em risco ao perder muito peso em tão pouco tempo

Joanna Jedrzejczyk, lutadora polonesa do UFC
Reprodução
Joanna Jedrzejczyk, lutadora polonesa do UFC

No dia 4 de novembro de 2017, Joanna Jedrzejczyk enfrentou a norte-americana Rose Namajunas pelo Peso-palha do UFC 217 no Madison Square Garden, em Nova Iorque. Mas para entrar no ringue, precisou fazer um corte de peso um tanto quanto radical. Em uma entrevista ao programa The MMA Hour , a lutadora da Polônia contou ter perdido 15 libras, cerca de 7kg, em pouco mais de 10 horas.

LEIA TAMBÉM: Lutadora brasileira supera abuso sexual e vício em crack para chegar ao UFC

"Me senti mal, precisei cortar quase 7kg em 14 horas. Fiz isso em 14 horas. Acho que a Perfecting Athletes não conseguiu acreditar que fiz isso. Comecei meu corte de peso na quinta, por volta de 17h, e estava no peso cinco minutos antes das 11h de sexta, foi um milagre. Rezei a Deus por esse milagre. E aconteceu", revelou a lutadora .

"Chorei, estava fraca, mas acreditei. Disse a alguém da Perfecting Athletes: ‘Seria uma vergonha a campeã não bater o peso’, mas consegui. Nem acreditei", completou. Mas mesmo após ter conseguido o objetivo, ainda faltava o grande duelo. Joanna sentiu na pele os efeitos do corte de peso tão brusco.

LEIA TAMBÉM: Lutador de MMA dá mata-leão e agride noiva após discussão; veja fotos

Consequências

"Após a pesagem, só tomei líquidos e fui para a cama, tirei dois cochilos de 15 minutos enquanto cortava o peso. Minhas pernas ficaram dormentes quando acordei. Disse ao médico que minhas pernas estavam dormente, e ele disse que não precisava me preocupar. Só disse que precisava me hidratar e ficar bem. No dia seguinte senti a mesma coisa e pensei em coisas loucas. Estava na luta mentalmente, queria entrar e espantar as minhas preocupações", disse. "Poderia ter ido ao médico, mas estava preocupada que cancelassem minha luta. Não poderia fazer isso com meus fãs. Sou uma verdadeira guerreira".

LEIA TAMBÉM: Imagem forte! Orelha de boxeador inglês quase é arrancada durante luta

Na luta, Joanna perdeu para Rose por nocaute técnico no primeiro round. Após o duelo, a lutadora polonesa rompeu com a Perfecting Athletes, equipe de nutrição responsável pelo seu corte de peso. "Eles eram como uma família. Confiei muito neles e paguei o preço pelo erro de alguém. Eles concordaram comigo. Estava com 57,6kg na sexta e no sábado, uma semana antes da luta. Planejávamos atingir 56,7kg na terça, mas meu peso subiu para 59kg no domingo e não pude cortar o peso por três ou quatro dias", contou.

    Leia tudo sobre: luta