Jamie MacDonald, judoca britânico, vítima de um tumor no cérebro
Reprodução
Jamie MacDonald, judoca britânico, vítima de um tumor no cérebro

Aos 26 anos de idade, Jamie MacDonald foi vítima de um tumor no cérebro. Descoberta no início de 2015, a doença era maligna e não haveria possibilidade de operação para extração do câncer. Durante os anos de tratamento, o atleta recebeu ajudas de custo e participou de diversas campanhas pra donativos.

LEIA TAMBÉM: Mike Tyson é proibido de entrar no Chile por conta de antecedentes criminais

A descoberta do tumor aconteceu apenas um ano depois de Jamie MacDonald ter participado dos Jogos da Commonwealth. A morte foi anunciada pela mãe do jovem, no blog pessoal do judoca. "Infelizmente, Jamie perdeu a maior luta de sua vida. Ele morreu em casa, pacificamente e sem dor. Seu aniversário de 27 anos seria em uma semana. Beijos, mãe de Jamie", escreveu.

Luto

A Associação Britânica de Judô declarou seus pêsames pela perda de MacDonald. "Todos do judô britânico gostariam de expressar nossas mais profundas condolências à família e amigos de Jamie MacDonald, que faleceu após uma batalha contra o câncer. RIP Jamie", escreveu a entidade.

Você viu?

LEIA TAMBÉM: Schumacher apresenta melhoras e família espera um "milagre da medicina"

"Absolutamente devastada ao ouvir que Jamie MacDonald perdeu sua batalha contra o câncer! Verdadeiramente um dos caras mais inteligentes, gentis e mais engraçados que eu tive o prazer de conhecer! Sua coragem ao longo dos últimos anos foi incrível", escreveu Natalie Powell, judoca da Grã-Bretanha e colega de seleção de Jamie.

LEIA TAMBÉM: Velejador tenta quebrar recorde e navegar de Londres a Hong Kong em 40 dias

Campeão galês, a batalha de MacDonald contra o câncer foi documentada pela instituição de caridade Stand Up To Cancer do Reino Unido. No entanto, no mês passado, a entidade afirmou que o tratamento do atleta havia sido interrompido por conta do aumento do tumor.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários