Lance

Patricio Loustau expulsou Felipe Melo em Palmeiras x Grêmio na Libertadores de 2019
Divulgação
Patricio Loustau expulsou Felipe Melo em Palmeiras x Grêmio na Libertadores de 2019

A Conmebol definiu neste domingo (17) a equipe de arbitragem que vai comandar a grande final da Copa Libertadores 2020, marcada para o próximo dia 30, no Maracanã. O argentino Patricio Loustau foi o escolhido para dirigir a partida única entre Palmeiras e Santos.

​Patricio é filho de Juan Carlos Loustau, um dos maiores árbitros da história da Argentina. Árbitro FIFA desde 2011, Loustau apitou somente três jogos do Palmeiras em sua carreira: derrota por 3 a 1 para o Millionarios-COL, na Sulamericana de 2012, derrota por 1 a 0 para o Barcelona-EQU, pela Libertadores de 2017 e vitória sobre o Grêmio pelas quartas da Libertadores de 2019.

​A magra vitória diante do tricolor gaúcho, ficou marcada pela expulsão injusta de Felipe Melo no segundo tempo de partida. O camisa 30 ficou suspenso da volta e fez falta para o Verdão na eliminação, no Pacaembu.

Você viu?

​O argentino conhece o Maracanã por ter comandado a arbitragem da semifinal da Libertadores de 2019, quando o Flamengo goleou o Grêmio por 5 a 0 e avançou para a decisão.

​Nesta temporada, Loustau não apitou nenhum jogo do Verdão e fará a sua estreia justo no jogo mais importante do clube neste Século XXI. A cabine do VAR, decisiva para o Palmeiras na semifinal, diante do River, na grande final ficará por conta do argentino Mauro Vigliano.

Palmeiras e Santos decidem a Libertadores 2020 no sábado, 30 de janeiro de 2021, a partir das 17h (horário de Brasília).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários