Lance

Santos tropeça, mas se classifica na Libertadores
Reprodução / Conmebol
Santos tropeça, mas se classifica na Libertadores

O Santos perdeu da LDU por 1 a 0, na Vila Belmiro, mas se classificou às quartas de final da competição, pois tinha vencido o jogo de ida em Quito, no Equador, por 2 a 1. O Peixe cansou de perder gols na partida e viu o rival marcar na metade do segundo tempo, com Zunino.

A pressão da LDU foi forte após o gol feito, mas não o suficiente para tirar o Santos da competição. Agora, a equipe espera o vencedor de Guarani-PAR e Grêmio na próxima fase da competição.

SANTOS COMEÇA EM CIMA DA LDU

​O Peixe iniciou a partida contra a LDU indo para cima, mesmo com a vantagem conquistada no jogo de ida. Logo no primeiro minuto de jogo, Felipe Jonathan arriscou de fora da área, mas a bola passou por cima do gol. Aos seis, Kaio Jorge aproveitou cruzamento de Pará e cabeceou com perigo. O Santos continuava em cima, mas não conseguia o gol que daria tranquilidade para o time de Cuquinha.

SANTOS PERDE GRANDES CHANCES

Com um início muito bom, havia a expectativa que o time pudesse não continuar com a mesma pegada. Mas não foi isso que aconteceu. Pituca arriscou de fora da área, fazendo Gabbiadini a praticar uma linda defesa, evitando o gol santista. Aos 22 minutos, Kaio Jorge saiu cara a cara com o goleiro equatoriano, que fechou bem o ângulo e salvou a LDU. Quatro minutos, depois, Lucas Braga desviou cruzamento de Soteldo e a bola bateu na trave.

LDU QUASE MARCA

Com o Santos apertando cada vez mais, a LDU teve que responder e conseguiu uma boa chance na metade da primeira etapa. Martínez Borja ficou com a sobra dentro da área, cara a cara com John, mas finalizou para fora.

SEGUNDO TEMPO COMEÇA COM SANTOS EM CIMA

A segunda etapa começou como terminou a primeira. Com o Santos em cima dos equatorianos, que não conseguiam chegar ao gol de John. Aos sete minutos, Pituca bateu de fora da área, mas a bola passou raspando a trave do gol equatoriano. Três minutos depois, foi a vez de Marinho arriscar, mas mais uma vez a bola foi para fora.

Você viu?

LDU APROVEITA E ABRE O PLACAR

Com o Santos perdendo gols atrás de gols, a LDU acordou para o jogo e mostrou faro de artilharia. Aos 19 minutos, após bate-rebate na área, Zunino completou para o gol e abriu o placar para a equipe visitante. Após checagem do VAR, o gol foi validado, aumentando a tensão do jogo.

GOL COMPLICA O SANTOS, QUE SOFRE PRESSÃO

O gol sofrido pareceu desanimar o Santos, que começou a ficar bagunçado dentro de campo. Aos 34 minutos, a LDU perdeu um gol feito. Zunino aproveitou a sobra na pequena área, praticamente embaixo da trave santista, mas chutou para fora, desperdiçando chance claríssima.

A pressão continuou, principalmente com cruzamentos dentro da área santista. O técnico Cuquinha tirou Soteldo para colocar Sandry e Wagner Leonardo entrou na vaga de Felipe Jonathan, tentando melhorar a marcação pelo lado. Porém, mesmo com tanta pressão e sofrimento, o Peixe conseguiu a classificação para as quartas de final da LIbertadores.

CLIMA ESQUENTA NO FINAL DA PARTIDA

Aos 53 minutos, o goleiro John saiu do gol e foi atropelado pelo atacante equatoriano. Com isso, o zagueiro Lucas Veríssimo partiu para cima do adversário e o tempo fechou na Vila Belmiro. O atacante Aguirre, o meia Villarruel e o zagueiro Luiz Felipe foram expulsos. Foram mais de quinze minutos de paralisação até o final da partida.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 0 x 1 LDU

Estádio: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data e horário: 01 de dezembro de 2020, às 19h15 (horário de Brasília)
Árbitro: Néstor Pitana (ARG)
Assistentes: Diego Bonfá e Gabriel Chade (ARG)
Árbitro de vídeo: Mauro Vigliano (ARG)
Público e renda: Portões fechados
Gols: 0-1 Zunino (19'/2T)
Cartões amarelos: Alison, Soteldo, Wagner Leonardo e John (Santos); Ayala (LDU)
Cartões vermelhos: Luiz Felipe (Santos); Aguirre, Villarruel (LDU)

SANTOS: John; Pará, Lucas Verissímo, Luan Peres e Felipe Jonatan (Wagner Leonardo, aos 41'2ºT); Alison, Diego Pituca e Soteldo (Sandry, aos 36'2ºT); Lucas Braga (Madson, aos 36'2ºT), Marinho e Kaio Jorge (Bruno Marques, aos 24'2ºT). Técnico: Cuquinha.

LDU: Gabbarini; Perlaza (Zunino, aos 08'2ºT), Luis Caicedo, Ordóñez e Ayala (Cruz, aos 11'2ºT); Villarruel (Aguirre, aos 37'2ºT), Alcívar, Quintero, Billy Arce (Marcos Caicedo, aos 12'2ºT) e Jhojan Julio; Martínez Borja. Técnico: Pablo Repetto.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários