Cristiano Ronaldo não deve permanecer no Manchester United
Divulgação
Cristiano Ronaldo não deve permanecer no Manchester United


Empresário de Cristiano Ronaldo , Jorge Mendes deixou claro para todos os clubes desencorajados por seu salário que o craque está disposto a reduzir sua folha salarial. Segundo informação da TV 'CBS', Ronaldo aceitaria baixar suas remunerações em até 30% do valor.

Desde que as especulações sobre a saída do craque português começaram a circular na mídia, grandes clubes da Europa foram ligados ao nome do jogador. Dentre eles, o que desponta como um dos principais é o Atlético de Madrid , que teria como principal obstáculo na contratação de Ronaldo, justamente o seu salário.


Ainda de acordo com a 'CBS', um dos fatores que motivam Cristiano Ronaldo a querer sair do Manchester United é o de jogar em um clube em que sente que o fardo da equipe não recai apenas sobre ele, pensando também em sua preparação para a Copa do Mundo do Qatar. Na última temporada, CR7 foi o artilheiro dos Red Devils e marcou 24 gols em 38 partidas disputadas.

Enquanto espera que a novela do seu principal jogador seja definida, o Manchester United realiza pré-temporada na Austrália e não muda seu discurso. O clube inglês e seu técnico, Erik Ten Hag, pretendem contar com Cristiano Ronaldo para a temporada de 22/23.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários