Mason Greenwood
Reprodução / Instagram
Mason Greenwood



O atacante Mason Greenwood, suspenso pelo Manchester United desde que foi acusado de  agredir e estuprar a sua ex-namorada, continua recebendo seus salários do clube, que já totalizam aproximadamente 270 mil libras (cerca de R$ 1,8 milhão na cotação atual). A informação é do jornal inglês "The Sun".

Veja abaixo galeria de fotos de Greenwood:


Leia Também

O atleta foi suspenso no dia 30 de janeiro, quando a vítima, a modelo e influenciadora digital Harriet Robson, fez publicações nas redes sociais de imagens de hematomas em seu corpo, que teriam sido causados pelo jogador do Manchester United.

Leia Também

Greenwood, inclusive, chegou a ficar três dias preso pela polícia de Manchester, mas foi  libertado sob o pagamento de fiança, e aguarda, em liberdade, o desfecho da investigação sobre o caso.

Embora siga recebendo o salário pago pelo clube em que atuava, o atacante, de 20 anos, perdeu o patrocínio da Nike, além de ter sido retirado de vez de todos os jogos de futebol da EA Sports (no caso, o FIFA), e da Konami (Pro Evolution Soccer e eFootball). Além disso, o Manchester United retirou de circulação todos os produtos com o nome de Greenwood, e, inclusive,  deu novas camisas oficiais para os torcedores que possuíam os uniformes com o nome do atleta.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários