Dia Maria
Instagram
Dia Maria

A polícia francesa deteve segunda-feira três homens suspeitos de serem os autores do assalto à casa do atacante argentino Ángel Di María , segundo o jornal francês L'Equipe.

O assalto ocorreu em março passado, enquanto o jogador estava em campo pelo PSG, diante do Nantes. Ele chegou a ser substituído aos 57 minutos para ser informado da situação.

Após meses de investigação, as autoridades francesas detiveram três homens, com idades entre 25 e 30 anos (dois deles com antecedentes criminais), por suspeita do roubo e de sequestrarem a mulher e as duas filhas do jogador argentino. O jornal Le Parisien publicou que a invasão à casa do argentino resultou em prejuízo de cerca de R$ 3,3 milhões.

Agora, a polícia quer saber se os criminosos também tem alguma relação com a tentativa de invasão a residência de Neymar. De acordo com o jornal Le Parisien, em julho, dois homens tentaram entrar na mansão de cinco andares do jogador, localizada na cidade de Bougival.

Leia Também

Segundo a publicação, a dupla escalava o muro da propriedade quando foi surpreendida por seguranças. A polícia chegou a ser chamada, mas os assaltantes conseguiram fugir. Dois meses, em maio deste ano, um homem conseguiu entrar no terreno da casa. Contudo, acabou sendo preso pela polícia.

O pai do zagueiro brasileiro Marquinhos, Marcos Barros Corrêa, também foi feito refém dentro de sua casa em uma cidade próxima a Paris. Marcos foi usado para que os invasores pudessem roubar joias. A ação durou cerca de 40 minutos. Enquanto isso, suas duas filhas, de 13 e 16 anos, foram presas em um quarto da casal. Porém, os criminosos já tinham sido presos .

Após o ocorrido, o clube passou a bancar melhorias no sistema de segurança nas casas dos jogadores do clube. Apesar da maioria dos atletas viverem em locais já equipados com câmeras de segurança e alarmes, todo o elenco passou a ter à disposição um ou mais seguranças 24 horas por dia na frente de cada residência.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários