Alberto Fernández, presidente da Argentina
Reprodução
Alberto Fernández, presidente da Argentina


O título da Argentina na Copa América , sobre o Brasil, segue rendendo. Após a conquista, que encerrou um jejum de 28 anos da Albiceleste sem nenhum troféu, o presidente argentino, Alberto Fernández , comemorou. Segundo o político, os atletas "deram uma enorme alegria ao povo".

- Esses jogadores deram uma alegria imensa ao povo argentino. Eles nos convidaram a ir a Ezeiza (aeroporto), mas imediatamente disse que não, porque devemos cuidar de nós mesmos. Eu não uso essas coisas para fazer política, não quero que ninguém interprete que alguém quer se apropriar do que tem. Teremos tempo para recebê-los. Eles deram ao povo argentino uma imensa alegria, estou muito agradecido - disse Fernández à "Radio 10".

Você viu?

(Veja abaixo galeria de fotos da final da Copa América)


O presidente da Argentina também falou a respeito das declarações do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (sem partido), que a "Seleção Brasileira venceria por 5 a 0" em encontro da cúpula do Mercosul na última semana. Segundo Fernández, ele não ligou para o brasileiro, mas elogiou o governante pela organização da competição.

- Não liguei para Bolsonaro. Nós temos modos distintos e maneiras distintas, mas temos que reconhecer que ele organizou bem a Copa América. Eles têm uma grande equipe - disse o argentino.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários