River Plate não tem goleiros para jogo da Libertadores
Divulgação
River Plate não tem goleiros para jogo da Libertadores

O River Plate confirmou no último sábado 15 casos positivos para Covid-19 em seu elenco. Entre os atletas infectados estão todos os quatro goleiros incritos na Libertadores. Se a regra da competição não for alterada, a equipe argentina poderá entrar em campo com um jogador de linha improvisado embaixo das redes contra o Santa Fé, na próxima quarta-feira.

A bomba de Covid explodiu na véspera do clássico contra o Boca Juniors valendo vaga nas semifinais da Copa da Liga Argentina. O River conseguiu empatar o jogo, mas perdeu na disputa de pênaltis. A equipe ainda tem pela frente um desafio pela Libertadores em meio ao caos causado pelo vírus. O jogo é um confronto direto pela vaga nas oitavas contra o terceiro colocado do grupo, às 21h (de Brasília), na Argentina.

Franco Armani, Enrique Bologna, Germán Lux e Franco Petroli são os quatro goleiro do River diagnosticados com o vírus que estão inscritos no torneio continental. O regulamento da Conmebol só permite a inscrição de outro jogador da posição em caso de lesão durante a competição.

Diante do cenário excepcional da pandemia e prevendo situações de surtos nos clubes, a entidade permitiu que cada equipe inscrevesse 50 jogadores no elenco oficial deste edição da Copa Libertadores. Ainda assim, o River, registrou apenas 32 atletas, incluindo os quatro goleiros infectados.

Você viu?

Nesta segunda-feira, o clube vai pedir à Conmebol autorização para registrar Alan Leonardo Díaz. O goleiro reserva de 21 anos fez sua estreia contra o Boca no último domingo, e chegou a defender um pênalti.

Caso a Conmebol não aceite o pedido do River, a equipe terá que improvisar um jogador de linha na função. Existem dois candidatos que costumam fazê-lo nos jogos recreativos do treinamento: os zagueiros Milton Casco e Jonatan Maidana.

River é o segundo colocado do Grupo D com 6 pontos, dois atrás do líder Fluminense.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários