Tribunal de Madrid proíbe Uefa de punir clubes da 'Superliga'
Divulgação
Tribunal de Madrid proíbe Uefa de punir clubes da 'Superliga'

Um tribunal de Madri, na Espanha, publicou nesta terça-feira (20) uma medida cautelar que impede que a Fifa, a Uefa, a Liga Espanhola e as federações de futebol nacionais imponham  punições aos clubes que aderiram à nova "Superliga".


Segundo o jornal "El Pais", a decisão foi anunciada após a própria organização entrar com um pedido judicial para que as entidades internacionais "se abstivessem de tomar qualquer medida de sanção ou disciplinar". O tribunal determinou ainda que esses times não podem ser excluídos de competições atuais.

O anúncio chega pouco depois de todas as entidades futebolísticas anunciarem que estão analisando punições contra os 12 clubes que anunciaram a  criação da "Superliga", entre eles, os espanhóis do Atlético de Madrid, Barcelona e Real Madrid.

Por outro lado, o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, informou que "se for necessário" o governo britânico irá criar uma legislação contra a nova competição, que considera tratar o futebol "apenas como uma mercadoria de um grupo fechado".

A briga por conta da nova competição promete se arrastar ainda porque, com exceção dos clubes que estão na disputa, ela foi rechaçada por unanimidade por governos e federações.

Além dos espanhóis, estão na "Superliga" Arsenal, Chelsea, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Tottenham, Inter de Milão, Juventus e Milan. (ANSA).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários