Cuba convoca jogadores que atuam fora do país pela 1ª vez
Reprodução/Twitter
Cuba convoca jogadores que atuam fora do país pela 1ª vez

Pela primeira vez na história da seleção de Cuba, jogadores que moram e atuam em outros países foram convocados. Ao todo, são 11 nomes, numa pré-lista com 26, para as Eliminatórias da Concacaf para a Copa do Mundo de 2022.


Entre os "estrangeiros", três atuam no futebol brasileiro. O goleiro Sandy Sánchez, o meia Sandro Cutiño e o atacante Sander Fernández atuam pelo Navegantes, da segunda divisão de Santa Catarina. Além deles, há jogadores que estão nos Estados Unidos, na Guatemala, na Inglaterra, na Espanha, na República Dominicana, na Costa Rica, em Honduras e até em San Marino.

Para convocar os 11 jogadores para os duelos contra Guatemala e Curaçao, dias 24 e 28 de março, o técnico Pablo Elier Sánchez recebeu uma autorização especial do Instituto de Esportes de Cuba (INDER). A mudança de postura deveu-se ao número de deserções nos últimos anos de jogadores convocados, além dos péssimos resultados recentes.

Cuba já disputou uma Copa do Mundo, em 1938 na França. Empatou em 3 a 3 com a Romênia pelas oitavas de final e foi necessário um jogo de desempate, vencido por 2 a 1. Nas quartas, os cubanos foram goleados por 8 a 0 pela Suécia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários