Messi
AFP
Messi

A saída de Messi do Barcelona é o assunto do momento e os jornais de todo mundo tentam descobrir qual será o futuro do jogador, que estaria disposto até a ficar um ano sem jogar, caso o time catalão não aceite o liberar .

O problema é que, diante da busca por novidades do caso, alguns meios de comunicação caíram em uma trolagem. Durante a tarde de quarta-feira circulou um áudio, que o jornal argentino La Nación atribuiu a Messi, no qual supostamente o jogador assegurava que havia escolhido ir para o Manchester City , clube que já teria até uma proposta pronta pelo jogador

Porém, após a publicação, o jornal foi desmentidos pelo pai do jogador, que negou a existência desse áudio com uma mensagem no Instagram. Jorge Messi usou uma imagem da notícia do La Nación, com Messi vestido de Manchester City em uma fotomontagem, para explicar o caso: “Olá, La Nación, isso é falso. Não existe tal confissão, é um áudio de um imitador ”, escreveu.

Depois de publicada a mensagem de Jorge, a grande maioria dos meios de comunicação ecoou a sua negativa e publicou as palavras do pai de Léo, confirmando que obviamente não era Messi, mas sim um imitador, como muitos já avisaram ao ouvir o áudio.

Tido como o destino, no Manchester City, o atacante Messi reencontraria Pep Guardiola , com quem viveu uma das melhores fases da carreira. Sob o comando do treinador, o argentino atuou em 219 partidas e encontrou as redes adversárias 211 vezes. Além disso, deu 83 passes para gol e venceu 159 vezes. Ao todo, foram 12 troféus. Na carreira, o craque tem 731 partidas, 634 gols e 34 títulos.

Ouça o áudio atribuido a Messi:




    Veja Também

      Mostrar mais