A presença de Cristiano Ronaldo no Santiago Bernabéu para o clássico com o Barcelona, há pouco mais de um mês, reacendeu os rumores de um possível retorno do craque ao Real Madrid. Com a crise econômica esperada pela Juventus em razão da pandemia do novo coronavírus, esses boatos se tornaram mais fortes. O jornal espanhol "Marca, porém, garante que os merengues não têm interesse no retorno do português.

Leia também: Após furar isolamento, Cristiano Ronaldo pede que seguidores fiquem em casa

Cristiano Ronaldo arrow-options
Reprodução
Cristiano Ronaldo



A ligação telefônica entre o presidente do clube, Floretino Pérez, e Cristiano Ronaldo serviu para abrir as portas do Real ao atacante, mas apenas de visita. Embora a relação entre as partes tenha melhorado recentemente, o cartola não cogita estreitar mais os laços. CR7 perdeu apoio também no vestiário: a maioria dos que lá estão não têm tanta proximidade com ele assim. O brasileiro Marcelo é uma das poucas exceções.

Leia também: Cristiano Ronaldo é criticado por ex-cartola da Juve: "Só tira foto na piscina"

Quando aceitou a proposta da Juventus, em 2018, Cristiano Ronaldo estava atrás de novos desafios, após nove temporadas na Espanha. Também viu no clube italiano quem topasse oferecê-lo um contrato longo, turbinado por um salário de 31 milhões de euros (cerca de R$ 178 milhões).

Os merengues sequer cogitavam chegar a essa cifra. Florentino achava – e continua achando – que jogadores mais velhos precisam ter seus vínculos prolongados ano a ano. Cristiano Ronaldo já tem 35 anos.

Leia também: Pelé diz que Cristiano Ronaldo é melhor que Messi

Embora seja grato ao português pelas inúmeras conquistas em Madri, o Real considera que fez um ótimo negócio ao vendê-lo por 112 milhões de euros (aproximadamente R$ 636 milhões em cotação de hoje) numa idade mais avançada. E não pensa em perder parte desse lucro investindo em uma recompra.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

      Mostrar mais