Tamanho do texto

Sede da grande final da Libertadores de 2019, o Peru traz boas lembranças para o torcedor flamenguista, que espera mais uma conquista

Flamengo e River Plate disputam a taça da Libertadores 2019 arrow-options
Reprodução / Conmebol
Flamengo e River Plate disputam a taça da Libertadores 2019

O Flamengo retorna a Lima após 52 anos. A decisão se deve ao fato de a Conmebol mudar o local da final da Libertadores de 2019 — de Santiago, no Chile, para a capital peruana. Com isso, o duelo contra o River Plate , no dia 23 de novembro, será em uma cidade onde o rubro-negro tem números excelentes, faturou títulos e já até goleou o adversário argentino.

Leia também: Galvão Bueno passa mal em Lima, faz procedimento cardíaco e não narra a final

Se serve de incentivo para os torcedores, o primeiro título internacional da história do  Flamengo foi conquistado em Lima. O troféu veio em 1952, quando faturou o Torneio Quadrangular com o time-base que conquistou o tricampeonato carioca entre 1953 e 1955. Todos os jogos aconteceram no Nacional do Peru , à época o principal estádio do país.

 Sete anos após a primeira conquista internacional, uma coincidência: o único adversário argentino que o Flamengo enfrentou em terras peruanas foi exatamente o River Plate . Na ocasião, goleada por 4 a 1, com gols marcados por Luís Carlos, Henrique Frade, duas vezes, e Babá. O triunfo encaminhou o rubro-negro para enfrentar o Alianza Lima na decisão — vitória por 4 a 2.

Leia também: Como era o mundo na última vez que o Flamengo jogou uma final de Libertadores?

flamengo arrow-options
Celso Pupo/Fotoarena/Agência O Globo
Flamengo deve ter força máxima na final contra o River Plate

Lima, por sinal, é uma cidade onde o Flamengo carrega números excelentes: são 73% de aproveitamento, com 13 vitórias, três empates e três derrotas. Porém, será a primeira vez em que o rubro-negro irá atuar no Monumental, casa do Universitario, com capacidade para 80.093 torcedores e inaugurado em 2000.

Levando em conta todas as vezes em que atuou no Peru, os números não se alteram tanto: o desempenho do Flamengo cai para 75%, com 16 vitórias, quatro empates e três derrotas. Além de Lima, as cidades de Cuzco, Tacna, Arequipa e Piura já receberam jogos do rubro-negro.

Leia também: Gabigol diz estar pronto para voltar à Europa e pode deixar o Flamengo

A última vez em que o Flamengo atuou na capital foi em 1967, quando foi derrotado pelo Alianza Lima em amistoso; já contando todo o Peru, foi na cidade de Cuzco, onde venceu o Cienciano por 3 a 0, na Libertadores de 2008.