Tamanho do texto

"Fizemos uma avaliação interna e a operação não era financeiramente sustentável", disse um ex-diretor do Milan

Lance

Cristiano Ronaldo deitado na grama arrow-options
JUVENTUS/DIVULGAÇÃO
Cristiano Ronaldo era um dos desejos do Milan

Um pouco distante dos mesmos holofotes de outros tempos, o Milan esteve perto de voltar a figurar entre os grandes do futebol com uma contratação bombástica. Em entrevista ao canal 'SportItalia', o ex-diretor do clube, Mauro Fassone, admitiu uma tentativa de contratar Cristiano Ronaldo , antes de sua ida para a Juventus.

Leia também: Cristiano Ronaldo se diz preocupado com futuro de Neymar e manda recado

Fassone comentou que a contratação de Cristiano Ronaldo era uma obsessão de Yonghong Li, proprietário do Milan na época, e que chegou a fazer contato com o empresário de CR7 , mas que no final, o rossonero não conseguiu fazer a negociação evoluir.

"Cristiano Ronaldo era uma obsessão para Yonghong Li (proprietário do emblema rossoneri na altura). Ele estava interessado e insistiu em contratá-lo. Eu falei com o empresário Jorge Mendes, ele disse que Cristiano Ronaldo estava disposto a deixar o Real Madrid, e que o Milan era um clube de reputação mundial do qual ele gostava. Mas fizemos uma avaliação interna, e a operação não era financeiramente sustentável", disse.

Leia também: Polícia da Coreia do Sul abre investigação contra Cristiano Ronaldo e Juventus

O ex-diretor ainda declarou que a contratação de Bonucci pelo Milan foi um grande erro. O zagueiro deixou a Juventus rumo ao time de Milão, e após uma temporada acabou retornando para Turim.

"Bonucci no Milan foi um erro. Na época da compra, já tínhamos feito oito ou nove compras, e a estratégia era montar um time com o 4-3-3, já tínhamos muito defensores, não poderíamos ter comprado um sexto", relembrou.

    Leia tudo sobre: futebol