Tamanho do texto

Gol de Agüero no segundo tempo garantiu o triunfo do time de Pep Guardiola, que ultrapassou o Liverpool na ponta do Campeonato Inglês

IstoÉ

Sergio Agüero fez o gol da vitória do Manchester City sobre o Burnley
The Sun/Reprodução
Sergio Agüero fez o gol da vitória do Manchester City sobre o Burnley

O Manchester City não precisou balançar as redes para vencer o Burnley por 1 a 0 fora de casa, neste domingo, e retomar a liderança do Campeonato Inglês a duas rodadas do fim do torneio. O time de Josep Guardiola e o Liverpool disputam o título jogo a jogo e a decisão do troféu deve ficar para a partida derradeira.

Leia também: Polícia investiga vazamento de fotos do corpo de Emiliano Sala, morto em janeiro

O argentino Sergio Agüero fez no segundo tempo o gol que garantiu o difícil triunfo do Manchester City sobre o Burnley, que briga na parte de baixo da tabela, e só foi validado graças à tecnologia da linha do gol – a bola passou cerca de três centímetros antes de ser afastada, em vão, pela zaga. 

O City chegou aos 92 pontos e voltou mais uma vez – foi a 29ª mudança de líder na temporada – ao topo da classificação do torneio pois soma um pontos a mais que o Liverpool, que havia goleado o Huddersfield por 5 a 0 na última sexta-feira, na abertura da rodada. 

Dessa forma, o time de Guardiola depende apenas de si nos últimos dois jogos da competição para ser bicampeão. Na próxima rodada, a penúltima, o City duela com o Leicester em casa no dia 6 de maio, segunda-feira, e o Liverpool visita o Newcastle um dia antes.

Leia também: Torcedor agredido se diz chocado, e Neymar se defende: "Sangue de barata"

O City fez um primeiro tempo muito abaixo tecnicamente do que está acostumado. Dominou o Burnley, mas não teve a intensidade habitual e finalizou no gol apenas um vez, deixando o técnico Guardiola muito incomodado à beira do gramado. O treinador não pôde contar com Fernandinho e De Bruyne, machucados. 

A equipe de Manchester acordou na etapa final e encurralou o Burnley em seu campo de defesa. Reclamou de um pênalti não marcado após toque no braço de Barnes e empilhou chances perdidas até Agüero, enfim, abrir o placar aos 18 minutos. O argentino finalizou na pequena área e viu Lowton cortar, mas a tecnologia acusou que a bola havia passado a linha e o árbitro validou o gol. 

O gol salvador, além de dar o triunfo ao Manchester City , fez com que Agüero, vice-artilheiro do torneio com 20 tentos, igualasse o francês Thierry Henry ao se tornar o segundo jogador da história da competição a balançar as redes 20 ou mais vezes por cinco temporadas seguidas.

    Leia tudo sobre: Futebol