Tamanho do texto

A Associação dos Jogadores Profissionais da Inglaterra, anunciou a escalação da seleção nesta manhã. Manchester City dominou a seleção

Seleção da Premier League com fotos dos jogadores
Reprodução/Twitter
Seleção da Premier League 2018-19 teve domínio do Manchester City

Durante a manhã desta quinta, 25, a PFA, Associação dos Jogadores Profissionais da Inglaterra, anunciou a seleção da Premier League. O time reune os onze jogadores que se destacaram ao longo do Campeonato. O time com maior número de jogadores foi o Manchester City, que teve 6 atletas na seleção. Liverpool teve 4 atletas entre os escolhidos.

Leia também: Em jogo atrasado, City vence derby de Manchester e retoma a liderança do Inglês

A escalação da seleção foi montada em cima do esquema 4-3-3. No gol, temos o brasileiro Ederson, do Manchester City, arqueiro da segunda melhor defesa da Premier League . A linha de quatro defensores é formada por Van Dijk, Robertson e Alexander-Arnold, todos do Liverpool e pelo francês Laporte, pilar do sistema defenseivo do Manchester City.

No meio campo, o domínio foi dos times de Manchester. Do lado do City, tivemos a presença de Bernardo Silva e o brasileiro Fernandinho. Por sua vez, o United foi representado pelo francês Paul Pogba.  No ataque, o domínio ficou com o atual líder da Premier League: Aguero e Sterling, do City, formaram o trio ofensivo junto com Mané, do Liverpool.

Do lado das ausências, as mais sentidas foram as de Hazard (Chelsea) e De Gea (Manchester United).  Eleito jogador do ano na temporada passada, o egípcio Mohamed Salah, que defende o Liverpool, não foi escolhido para figurar entre os 11 melhores do campeonato.  

Hazard sentado no chão com a bola durante partida do Chelsea
Julian Finney/Getty Images
O belga Eden Hazard ficou de fora da seleção da Premier Leagur

Leia também: Guardiola ganha força para treinar a Juventus na próxima temporada, diz jornal

Apesar do anúncio da seleção do campeonato, a Premier League continua a todo vapor. Faltando apenas três jogos para o fim do torneio, Manchester City e Liverpool estão vivos na disputa pelo título. A vantagem dos Citizens, líderes do campeonato, para os Reds é de apenas um ponto.


    Leia tudo sobre: Futebol