Tamanho do texto

"Jogamos como amadores", disse o atacante após a goleada por 5 a 1 sofrida diante do Lille, no final de semana passado

Mbappé abrindo os braços
Divulgação
Mbappé, atacante do PSG

Kyllian Mbappé será a grande ausência no jogo do Paris Saint-Germain contra o Nantes, na tarde desta quarta-feira, às 14h (de Brasília), no duelo que pode definir o título do Campeonato Francês ao clube da capital.

Leia também: Para Pelé, Mbappé não precisa sair do PSG para ser o melhor jogador do mundo

De acordo com o jornal "Le Parisien", Mbappé foi barrado pelo técnico Thomas Tuchel depois de criticar o time após a goleada sofrida por 5 a 1 diante do Lille, no fim de semana passado.

Mbappé ouve o técnico Thomas Tuchel
Twitter/Reprodução
Mbappé e o técnico Thomas Tuchel

"Ninguém disse que não podemos perder nunca. É claro que isso vai acontecer algumas vezes, mas não pode ser dessa maneira. Hoje apresentamos grandes defeitos e precisamos corrigir isso o mais rápido possível", disse o atleta do PSG ao Canal Plus.

"Jogamos como amadores e temos de nos recompor rápido, porque temos mais jogos pela frente", finalizou o francês na ocasião.

Nos últimos meses, esta foi a segunda polêmica que Mbappé se envolveu com Tuchel. A primeira delas aconteceu após o craque se atrasar para um treino do time em outubro, quando ele também foi barrado pelo treinador.

Leia também: "Nenhum jogador vale 280 milhões de euros", diz Rivaldo sobre Mbappé

Se vencer ou empatar com o Nantes nesta quarta-feira, sem Mbappé , o PSG conquista o título francês de forma antecipada. Líder isolado com 81 pontos, o time só não pode perder no Estádio La Beaujoire para confirmar a taça, o que encerra as esperanças do Lille, segundo colocado, com 64 pontos.

    Leia tudo sobre: Futebol