Tamanho do texto

Partida no Allianz Stadium foi assistida por 39 mil pessoas

Juventus e Fiorentina fizeram o jogo de futebol feminino de maior público da história da Itália
Twitter/Reprodução
Juventus e Fiorentina fizeram o jogo de futebol feminino de maior público da história da Itália

Juventus e Fiorentina protagonizaram neste domingo um momento histórico para o futebol feminino na Itália: os dois times disputaram a primeira partida de mulheres na arena da Velha Senhora, o Allianz Stadium, e ainda bateram recorde de público no esporte.

Leia também: Jogo feminino entre Atlético de Madri e Barça registra novo recorde de público

Ao todo, cerca de 39 mil pessoas assistiram à vitória da Juve sobre a Viola por 1 a 0, maior presença já registrada em jogos de futebol feminino no país. O recorde anterior era de um duelo entre Verona e Frankfurt, da Alemanha, em 2008, com 14 mil espectadores.

Vale destacar que o estádio da Juventus tem capacidade para 41.500 torcedores.

Os ingressos foram distribuídos gratuitamente e o público aproveitou para lotar o estádio na partida mais aguardada da Série A feminina. Líder do campeonato e em busca do segundo Scudetto seguido, a Juventus fez seu único gol com a meio-campista dinamarquesa Pedersen, a poucos minutos do fim.

Com isso, a Velha Senhora chegou a 50 pontos, quatro a mais que a própria Fiorentina , segunda colocada - a equipe de Florença foi campeã na temporada 2016/17. Faltando três rodadas para o fim do torneio, a Juve está cada vez mais perto do bicampeonato.

Leia também: Aplaudida em NY, Marta chora e defende busca pela igualdade de gênero

"Quando você enche um estádio assim, é um sonho que se torna realidade", disse a zagueira juventina Sara Gama. Já Giorgio Chiellini, ídolo do time masculino, afirmou que a partida deste domingo é um evento importante para "todo o futebol feminino".

Juventus venceu a Fiorentina pelo Italiano de futebol feminino
Divulgação
Juventus venceu a Fiorentina pelo Italiano de futebol feminino

Leia também: Brasil entra na briga para sediar a Copa do Mundo feminina em 2023

O futebol feminino tem crescido nos últimos anos na Itália, com a adesão de clubes do primeiro escalão nacional, como Juventus, Fiorentina, Milan, Roma, Atalanta e Sassuolo. Além disso, a Azzurra estará presente na edição deste ano da Copa do Mundo, torneio do qual não participa desde 1999.

    Leia tudo sobre: futebol