undefined
Reprodução
Claudio Ranieri é o novo técnico da Roma. Ele estreou como profissional no clube italiano e treinou a equipe entre 2009 e 2011

Um dia após demitir Eusebio Di Francesco, a Roma anunciou o italiano Claudio Ranieri como novo técnico da equipe.

Leia também:  Real Madrid planeja tirar Neymar do PSG e planeja oferta de R$ 1.5 bilhão

O italiano de 67 anos foi demitido do Fulham na semana passada após quatro meses de trabalho e apenas duas vitórias em 17 partidas. Ranieri assume como técnico da Roma três dias depois da eliminação do time nas oitavas de final da Liga dos Campeões.

Em comunicado o presidente do time Jim Pallotta, comentou a chegada do técnico campeão da Premier League em 2016 com o Leicester. “Temos o prazer de receber Claudio Ranieri em casa. O objetivo que temos nesta temporada é terminar o mais alto possível na classificação e obter a qualificação na Liga dos Campeões”. Hoje a Roma está em quinto lugar, 28 pontos atrás da líder Juventus.

“Decidimos chamar um técnico que conhece o clube, entende o ambiente e é capaz de motivar os jogadores. Claudio responde a todas estas características e tem estado muito entusiasmado em aceitar este novo desafio”, finalizou o dirigente.

Ranieri surgiu para o futebol como jogador em 1973 pelo time da capital italiana. Ele ficou apenas um ano na equipe e participou de somente seis jogos. Entre 2009 e 2011, o técnico retornou a Roma para presidir a equipe da beira do gramado.

Leia também:  Após polêmicas na Champions, Uefa explica uso do VAR nas oitavas de final

Apesar de não conseguir conquistar títulos em sua passagem, Ranieri ficou conhecido na época por ter melhorado os números da equipe, incluindo um período de 24 jogos sem perder, e mantê-los brigando pela taça do Campeonato Italiano e da Copa Italiana.

Depois de perder ambos os títulos para a Internazionale de José Mourinho e acumular uma sequência ruim, Ranieri pediu demissão da Roma em fevereiro de 2011 , e foi substituído por Vincenzo Montella. Em sequência ele assumiu a Inter.

A partir desse período, o italiano treinou Mônaco (França), a seleção da Grécia, Leicester City (Inglaterra), Nantes (França) e por último o Fulham (Inglaterra).

Leia também:  'Mulheres e o jornalismo esportivo. Há vagas disponíveis'. Leia a coluna de hoje

“Estou feliz por estar de volta em casa. Quando a Roma te chama, é impossível dizer não”, comentou o técnico Claudio Ranieri ao site oficial da Roma.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários