Tamanho do texto

"Então me paga o que resta do meu contrato que eu vou embora", teria dito o zagueiro a Florentino Pérez na discussão

Sergio Ramos e o presidente Florentino Pérez discutiram no vestiário do Real Madrid
AS.com / Reprodução
Sergio Ramos e o presidente Florentino Pérez discutiram no vestiário do Real Madrid

O clima esquentou no vestiário do Real Madrid após a goleada sofrida diante do Ajax, no Santiago Bernabéu, e a consequente eliminação da equipe espanhola nas oitavas de final da Champions League.

Leia também: Vinicius Júnior rompe ligamentos do tornozelo, mas deve jogar a Copa América

De acorco com informações do diário AS, o capitão Sergio Ramos, que estava suspenso deste duelo, e o presidente Florentino Pérez tiveram uma ríspida discussão na frente de todos outros atletas do Real Madrid .

Irritado, o presidente do clube merengue desceu ao vestiário depois do jogo para dar uma bronca no elenco, reclamando da falta de dedicação dos jogados, dos excesso de folgas e, ainda, dizendo que a atuação naquele dia tinha sido vergonhosa.

Leia também: Marcelo, Bale e Isco devem ser as primeiras "vítimas" da reformulação no Real

Sergio Ramos também estava no local e acabou respondendo a Florentino Pérez , dizendo que a culpa não era só dos atlrtas. O zagueiro acusou o mandatário de falta de planejamento para temporada, apontando as responsabilidades pelo desastre que acabou acontecendo em campo. 

Em um determinando momento, segundo a publicação, Sergio Ramos teria dito ao presidente: "Então me paga o que resta do meu contrato que eu vou embora". 

Ajax deu show no Santiago Bernabéu e eliminou o Real Madrid na Champions League com direito a goleada por 4 a 1
UEFA / REPRODUÇÃO / SITE OFICIAL
Ajax deu show no Santiago Bernabéu e eliminou o Real Madrid na Champions League com direito a goleada por 4 a 1

Após esta acalorada discussão, Florentino se reuniu com a direção do clube espanhol para avaliar uma possível demissão imediata do técnico Santiago Solari - ao mesmo tempo, os dirigentes analisaram um possível retorno de José Mourinho.

Vale lembrar que José Mourinho e Sergio Ramos tiveram problemas de relacionamento durante a passagem anterior do português pelo clube.

Leia também: Técnico da base do Real Madrid é demitido após criticar equipe principal

Eliminado da Champions League, eliminado da Copa do Rei da Espanha e muito distante do líder Barcelona no Campeonato Espanhol, o fim de temporada do Real Madrid promete ser melancólico, sem qualquer motivação por parte de jogadores e torcedores.

    Leia tudo sobre: Futebol