Tamanho do texto

Pouco antes dos pênaltis, o goleiro Kepa, do Chelsea, desobedeceu ordem do técnico Sarri para sair de campo

Manchester City faturou o hexa da Copa da Liga Inglesa
Twitter/Reprodução
Manchester City faturou o hexa da Copa da Liga Inglesa

O Manchester City é o grande campeão da Copa da Liga Inglesa. Neste domingo, o time do técnico Pep Guardiola derrotou o Chelsea nos pênaltis por 4 a 3 e conquistou o hexacampeonato da competição. No tempo normal e na prorrogação, o duelo em Wembley terminou empatado sem gols. 

Leia também: Liverpool empata com Manchester United fora e reassume a ponta do Inglês

Com o título garantido, o foco do Manchester City , agora, é buscar as taças do Campeonato Inglês - o time perdeu a liderança neste domingo após empate do Liverpool contra o United -, da Copa da Inglaterra e também a Champions League. O Chelsea segue vivo na Liga Europa e não tem mais chances na Premier League.

O Chelsea mal atacou no primeiro tempo da decisão em Londres e praticamente só se defendeu. O belga Eden Hazard era o homem mais avançado do time e atuou praticamete isolado contra toda a defesa do City, que não teve muitos problemas.

Os Citizens, por sua vez, tentaram várias jogadas ofensivas, mas esbarraram na marcação dos Blues. As melhores chances foram em dois chutes de Agüero, um por cima e outro que parou em defesa tranquila do goleiro Kepa.

Confira a classificação do Campeonato Inglês

A etapa final foi muito mais movimentada que a primeira, com o Chelsea se arriscando mais no ataque e incomodando demais a meta do arqueiro Ederson. Hazard, Kanté e Pedro chegaram perto de abrir o placar, assim como Willian, que cabeceou por cima, raspando a trave.

Agüero em ação pelo Manchester City contra o Chelsea
Twitter/Reprodução
Agüero em ação pelo Manchester City contra o Chelsea

A equipe do City também teve volume de jogo no ataque, sem a mesma intensidade dos primeiros 45 minutos. A zaga do time lindrino formada por Rüduger e David Luiz conseguiu segurar o ataque dos comandados de Pep Guardiola.

Sergio Agüero chegou a balançar as redes para o clube de Manchester, mas a arbitragem, com ajuda do VAR, anulou o lance por impedimento.

Com a igualdade sem gols nos 90 minutos, a decisão da Copa da Liga Inglesa foi para prorrogação. Na segunda etapa do tempo extra, o goleiro Kepa fez duas defesas importantes em finalizações de Agüero, levando o duelo para as penalidades.

No minuto final da prorrogação, o técnico Maurizio Sarri queria colocar o goleiro Caballero no lugar de Kepa, justamente para pegar penalidades, mas o arqueiro espanhol do Chelsea desobedeceu a ordem, não quis sair de campo e levou o treinador italiano à loucura. Sarri ficou irritadíssimo e chegou a deixar o banco de reservas rumo ao vestiário, mas depois retornou.

E Caballero, desolado, ficou chorando por não ter entrado.

Leia também: Morre Gordon Banks, goleiro que fez "defesa do século" em cabeçada de Pelé

Nos pênaltis, Jorginho errou a cobrança pelo Chelsea, parando em defesa de Ederson, e David Luiz chutou na trave, enquanto Azpilicueta, Emerson e Hazard converteram suas batidas. Pelo lado do Manchester City , Sané ficou em defesa de Kepa, mas Gündogan, Agüero, Bernardo Silva e Sterling marcaram, dando o título aos Citizens.

    Leia tudo sobre: Futebol