Tamanho do texto

Nesta quarta-feira (06) fazem 61 anos que o voo BE609 caiu nas imediações do aeroporto de Munique, na Alemanha, vitimando oito jogadores do United e três membros do estafe da equipe. Leia mais sobre a tragédia

Acidente aéreo de 1958 vitimou oito jogadores do Manchester United e três membros do estafe do clube
Reprodução
Acidente aéreo de 1958 vitimou oito jogadores do Manchester United e três membros do estafe do clube

O dia 06 de fevereiro é lembrado por torcedores do Manchester United como o dia do acidente de Munique. Em 1958, exatamente as 15h04, um avião que transportava jogadores e membros da comissão do Manchester United, além de jornalistas, caiu nas redondezas do aeroporto de Munique após tentar decolar.

Leia também:  Amigo de Emiliano Sala diz que jogador foi forçado a entrar em aeronave

Com 44 pessoas a bordo, o voo BE609 tinha partido do aeroporto internacional de Belgrado, na Iugoslávia e fez escala na Alemanha. Ao tentar levantar voo, pela terceira vez consecutiva rumo à Inglaterra, o avião passou por uma camada de neve derretida na pista e houve desaceleração da aeronave, causando o acidente . O piloto perdeu o controle e a aeronave caiu a alguns metros do aeroporto.

Ao todo foram 23 mortos, oito eram atletas do Manchester United e estavam voltando da partida contra o Estrela Vermelha, em Belgrado, pela Liga dos Campeões. A equipe empatou por 3 a 3, mas tinha conseguido se classificar para as semifinais da competição naquele dia.

Além dos jogadores, três membros da comissão dos Red Devils, oito profissionais da imprensa, dois tripulantes, um torcedor e um agente de viagem foram vitimados.

Leia também:  Neymar de volta ao Barcelona? Veja o que disse o presidente do clube

Um dos maiores nomes do futebol inglês, Bobby Charlton estava na aeronave e foi um dos 21 sobreviventes. O atleta, na época com 20 anos, passou três meses no hospital, mas logo se recuperou e retornou aos gramados.

Bobby Charlton foi um dos sobreviventes do acidente aéreo de 1958
Reprodução
Bobby Charlton foi um dos sobreviventes do acidente aéreo de 1958

Considerado um dos pilares da reconstrução do United após o acidente, Charlton ficou 15 anos de sua vida defendendo os Red Devils. Neste tempo venceu a FA Cup em 1963, a Liga Inglesa em 1965 e 1967 e a Liga dos Campeões em 1968.

Bobby também é um ídolo nacional. Em 1966 ele levou a Inglaterra ao título mundial ao derrotar a Alemanha Ocidental por 4 a 2. Na mesma temporada recebeu a Bola de Ouro da France Fottball.

Encerrou sua carreira em 1975 e recebeu o título de Sir da Rainha Elizabeth II. Bobby Charlton fez 758 jogos pelo Manchester United e marcou 249 gols.

Veja abaixo todos os jogadores mortos no acidente:

O Manchester United lembra todos os anos de sua perda. Desde o ocorrido, existe um relógio no Old Trafford marcando a hora exata do acidente, além de uma placa com o nome de todos os membros do clube que faleceram.

Leia também:  Relembre as 10 maiores goleadas da história da Copa do Brasil em vídeo

As redes sociais da equipe foram configuradas para fazer referência ao dia do acidente . Em partidas próximo da data, o clube sempre presta homenagens antes de a bola rolar. Nesta quarta-feira, em frente ao East Stand Memorial foi realizada uma vigília pelos mortos.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.