Tamanho do texto

A Polícia de Guernsey anunciou num comunicado que caso não haja uma mudança extraordinária no caso, as buscas estão suspensas definitivamente

As buscas por Emiliano Sala iniciaram-se na noite de segunda-feira e até essa quinta-feira nada foi encontrado
Divulgação
As buscas por Emiliano Sala iniciaram-se na noite de segunda-feira e até essa quinta-feira nada foi encontrado

As buscas pelo avião que desapareceu na última segunda-feira (21) com o jogador Emiliano Sala a bordo foram oficialmente suspensas. A polícia de Guernsey anunciou nessa quinta-feira em sua conta oficial do Twitter que não haverá mais atualizações do caso.

Leia também:  Antes de avião desaparecer, Sala enviou áudio desesperador para amigos

De acordo com o comunicado, as buscas pelo avião foram feitas com ajuda de barcos, cinco helicópteros e três aeronaves ar no Canal da Mancha do lado da Inglaterra e do lado francês. Em 80 horas uma área de 1.700 metros foi vasculhada, mas nenhum destroço foi encontrado.

O capitão David Barker escreveu no pronunciamento que foi uma decisão difícil para as buscas. “As chances de sobrevivência nesse estágio são extremamente remotas. Meus sentimentos estão com as famílias do piloto e do passageiro nesse momento difícil”, comentou Barker.

Leia o comunicado abaixo (em inglês).

Relembrando o caso. Na noite da última segunda-feira, o argentino Emiliano Sala saiu de Nantes, na França, rumo a Cardiff, no País de Gales, para ser apresentado como novo reforço do time da cidade.

Por volta das 20h30 a aeronave que o jogador estava, um modelo PA 46 Malibu de turbina única, desapareceu do radar do controle de tráfego aéreo. A Guarda Costeira do País de Gales foi acionada e as buscas começaram naquele momento.

Devido as baixas temperaturas da região durante a noite, a polícia local já não tinha esperanças que encontrar Emiliano Sala e o piloto vivos .  

O desaparecimento de Sala emocionou toda a comunidade do futebol. Jogos de Nantes e Cardiff foram suspensos nos últimos dias, fãs fizeram homenagens e orações para o argentino nos estádios das equipes e diversos jogadores postaram mensagens positivas nas redes sociais.

Leia também:  Real Madrid foi o clube que mais faturou na temporada passada, aponta estudo

Emiliano Sala tinha 28 anos e estava em sua melhor temporada na carreira até o acidente. Ele tinha sido recém contratado pelo Cardiff. Apesar das buscas terem sido encerradas, o caso continuará aberto.

    Leia tudo sobre: Futebol