Tamanho do texto

Inicialmente, Camarões iria sediar o evento que acontece entre junho e julho, porém o país foi desclassificado pela falta de segurança e infraestrutura

Egito é anunciado como nova sede da Copa Africana de Nações 2019
Reprodução
Egito é anunciado como nova sede da Copa Africana de Nações 2019

Na manhã dessa terça-feira (08) foi revelado que o Egito será a sede da Copa Africana de Nações de 2019. O anúncio foi feito pela Federação Egípcia de Futebol pelo Twitter oficial da entidade.

Leia também:  Neymar fica atrás de Mbappé em lsita dos jogadores mais valiosos do mundo

A Copa Africana de Nações acontece entre junho e julho desse ano, ao mesmo tempo em que a Copa América do Brasil. Inicialmente, a sede para a competição africana era Camarões, porém a Confederação Africana desistiu da candidatura do país pela falta de segurança e infraestrutura.

A 32ª edição da CAN terá 24 equipes na disputa, um aumento em relação a ultima edição em 2017. Entre todas as seleções, duas serão estreantes: Madagascar e Mauritânia. O último campeão foi justamente Camarões, que não sediará mais o evento.

Leia também:  Para Samuel Eto'o, treinadores negros são vistos como de 'segunda categoria'

O Egito concorreu com a África do Sul para sediar a edição de 2019 da Copa Africana de Nações. A decisão sobre o país do norte africano foi tomada em reunião de executivos da Confederação Africana em Dakar, no Senegal. A cidade vencedora levou 16 votos contra apenas um dos sul-africanos.

Ainda não foram liberadas informações sobre as possíveis cidades-sede do torneio. O Egito já sediu a Copa Africana de Nações por duas vezes, em 1986 e em 2006, em ambas às vezes foi campeão do evento.

A seleção egípcia, que tem Mohamed Salah como estrela, detém o maior número de títulos do campeonato. Foram sete taças levantadas: 1957 (primeira edição da CAN), 1986, 1998, 2006, 2008 e 2010. Em 1959 o Egito também foi campeão da Copa Africana de Nações, porém como República Árabe Unida.

O sorteio dos grupos acontece em breve. As 24 seleções serão dividas em cinco grupos com quatro participantes cada. Os dois primeiros de cada bloco avançam para as fases eliminatórias.

Leia também:  Atacante campeão da Libertadores com o River Plate se aposenta aos 31 anos

Os países sede das próximas duas edições da Copa Africana já estão definidos. Em 2021 a Costa do Marfim receberá a competição e dois anos depois será a vez de Guiné.

    Leia tudo sobre: Futebol