Tamanho do texto

Empresário do jogador e dirigente da equipe italiana revelaram que a negociação começou por vontade de jogador ainda no início do ano

Cristiano Ronaldo em sua apresentação pela Juventus
Reprodução/Twitter/juventusfc
Cristiano Ronaldo em sua apresentação pela Juventus

A transferência de Cristiano Ronaldo para a 'Velha Senhora' por cerca de 100 milhões de euros em julho de 2018 foi a grande negociação do ano no futebol mundial, mas segundo o empresário do jogador, o negócio começou bem antes.

Leia também: Escândalo sexual, ida para a Juve e Copa do Mundo: o 2018 de Cristiano Ronaldo

Em entrevista para a "Rai Sport", Jorge Mendes revelou que em janeiro de 2018, Cristiano Ronaldo afirmou que gostaria de deixar o Real Madrid para jogar pela Juventus e então as negociações começaram.

“Em janeiro de 2018, eu e algumas pessoas que sabiam o que estava acontecendo achavam que seria muito difícil levar Cristiano Ronaldo para a Juve. Contudo, eu queria deixar claro que a ideia começou com o próprio jogador. Ronaldo me disse que queria jogar pela Juventus. Foi onde isso começou e eu estava em conversas com os diretores bianconeri por meses, então todos nós sabemos como essas negociações acabaram”, disse o empresário.

Jorge Mendes, que assim como o craque também é português afirmou ainda que CR7 está contente: “Agora, Cristiano está feliz com o clube e seus companheiros, ele está satisfeito na Serie A e verdadeiramente feliz na Juventus”, disse.

Leia também: Cristiano Ronaldo sente falta de Messi? "Talvez ele é que sinta minha falta"

Cristiano Ronaldo e Dybala comemoram juntos gol na partida entre Manchester United e Juventus, vencida pelo clube italiano
Reprodução/Twitter/ChampionsLeague
Cristiano Ronaldo e Dybala comemoram juntos gol na partida entre Manchester United e Juventus, vencida pelo clube italiano

Questionado se o fator CR7 fará o clube italiano conquistar a tão esperada Liga dos Campeões, o empresário afirmou que a equipe ainda assim precisará de sorte pra levantar o troféu.

“Muitos me perguntaram sobre Juventus e a Champions League. Será preciso um pouco de sorte também para vencer, mas a chegada de Cristiano Ronaldo certamente fez a Juventus mais forte. Eu diria que o futebol italiano se beneficiou da sua presença”, disse Mendes.

E não foi apenas o empresário que confirmou a informação de que a negociação entre Juve e CR7 começou por vontade do jogador. Em entrevista à "Sky Sports Italia", Fabio Paratici, diretor da Juventus falou sobre como aconteceu a transferência.

“Quando eu encontrei com Mendes para discutir sobre Cancelo, foi quando a coisa toda começou. Mendes disse para mim: ‘Você não vai acreditar nisso, mas Cristiano quer ir para a Juve’. Eu respondi que eu acreditava nisso, mas que parecia difícil fazer tudo isso funcionar”, contou Paratici.

Cristiano Ronaldo se juntou à Juventus no meio da Copa do Mundo
Divulgação
Cristiano Ronaldo se juntou à Juventus no meio da Copa do Mundo

O dirigente revelou ainda que a transferência foi a realização de um sonho do seu filho, que é fã do jogador, mas que sempre ouviu do pai que era impossível que CR7 jogasse um dia pela 'Velha Senhora'.

Leia também: Irmãs de Cristiano Ronaldo criticam vitória de Modric na Bola de Ouro

“Os maiores jogadores ajudam as crianças a sonharem. Meu filho queria a camisa de Cristiano Ronaldo , então quando eu fui ver um jogo de Portugal, eu comprei uma e ele vestia o tempo todo. Todo ano ele me perguntava: ‘Papai, por que não contratamos Cristiano Ronaldo?’. Porque era impossível. Então quando isso aconteceu, ele disse: ‘Papai, você me disse que era impossível!’. E eu não tive resposta”, contou o diretor da Juventus.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas