Tamanho do texto

Pela primeira vez na história, um clube conquista três edições do torneio em sequência. Confira como foi a vitória dos merengues em cima do Al Ain

Real Madrid comemora gol na final do Mundial de Clubes
Reprodução / Real Madrid
Real Madrid comemora gol na final do Mundial de Clubes

O Real Madrid venceu o Al Ain neste sábado (22) e sem grandes dificuldades venceu a partida por 4 a 1, conquistando o Mundial de Clubes pela terceira vez consecutiva.

Leia também: River Plate goleia o Kashima e fica com o 3º lugar do Mundial de Clubes

O primeiro tempo de grande final do  Mundial de Clubes  foi bastante movimentado e teve chances claras para as duas equipes, mas foi o Real quem aproveitou.

Logo aos 3 minutos, Llorente disparou em velocidade pela esquerda e cruzou para Lucas Vásquez, que desviou a bola na direção do gol, mas ela bateu na trave e a zaga afastou o lance.

Real Madrid  continuava pressionando os árabes, que não se acuavam e tentavam aproveitar os espaços deixados pelos merengues para contra-atacar.

A chance mais clara do  Al Ain  veio aos 11 minutos. El Shahat recebeu bom lançamento, driblou um defensor, depois Courtois e finalizou, mas o zagueiro Sérgio Ramos salvou antes que ela entrasse no gol.

E como diz o ditado, “quem não faz, toma”, e ele só demorou um minuto para ser aplicado. Com 12 minutos, o melhor do mundo Luka Modric acertou belo chute de fora da área com a perna esquerda e abriu o placar para o Real Madrid.

Na sequência, o brasileiro Caio Lucas quase colocou o Al Ain de volta no jogo ao receber sozinho na cara de Courtois e marcar um gol, mas o auxiliar assinalou impedimento e anulou o tento.

Depois disso, a partida se tornou praticamente um treino do Real Madrid, que dominou totalmente a posse de bola e as oportunidades de gol, mas não conseguiu marcar mais nenhum na primeira etapa.

O segundo tempo começou sem muitas mudanças, com o Real ainda no controle e procurando aproveitar os espaços deixados pela marcação árabe, mas o goleiro Khalid, um dos destaques do torneio, segurava como podia.

Leia também: Jornalista acusa Real Madrid e UEFA de manipulação em sorteio da Champions

O segundo gol da equipe espanhola veio aos 14 minutos com Llorente, que aproveitou a sobre do escanteio e bateu muito forte no canto direito do goleiro, que sequer teve tempo de reagir.

O terceiro tento foi do capitão Sérgio Ramos, que cabeceou bem após cruzamento de Modric no escanteio e ainda contou com a ajuda do goleiro para sair comemorando aos 32 minutos da segunda etapa.

Com 3 a 0 no placar, o treinador argentino do Real Madrid promoveu a estreia de Vinicius Junior em Mundiais. 

Já no final da partida, o Al Ain ainda conseguiu fazer um gol de honra. Após cruzamento do brasileiro Caio, Shiotani desviou de cabeça, sem chances para Courtois.

Antes que o árbitro apitasse pela última vez, Vinicius Junior quase deixou dele, após receber dentro da área, o garoto finalizou, o defensor do Al Ain desviou e a bola foi pro fundo do gol. Apesar da expectativa, a FIFA assinalou como gol contra.

Leia também: Cristiano Ronaldo assumirá crimes fiscais cometidos em sua passagem pelo Real

Com o título, o Real Madrid entrou para a história e se tornou o primeiro clube a conquistar o  Mundial de Clubes  por três vezes consecutivas (2016, 2017 e 2018).

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas