Tamanho do texto

Indiano Gourav Mukhi dizia ter 16 anos e chegou até a receber o título de goleador mais jovem da Super Liga da Índia, no mês de outubro.

Gourav alterou sua idade em 12 anos de diferença para disputar liga de futebol da Índia
Reprodução
Gourav alterou sua idade em 12 anos de diferença para disputar liga de futebol da Índia

Não é raro casos de jogadores que adulteram a idade para terem uma chance em grandes clubes, os famosos ‘gatos’. Nessa semana, um caso curioso foi descoberto na Índia.

Leia também:  Manchester United demite José Mourinho após "massacre" do Liverpool

O jogador do Jamshedpur FC, Gourav Mukhi, teve seu ‘conto de fadas’ descoberto pela Federação de Futebol da Índia (AIFF). Gourav alegava ter 16 anos e foi até premiado como o jogador mais jovem a marcar na Super Liga do país em outubro, porém sua idade correta era 28 anos.

A história começou a ficar estranha em setembro, quando a edição indiana do jornal The Telegraph publicou uma matéria sobre a vida de Gourav e identificava o jogador como tendo 28 anos. Em nenhum momento a publicação diz que o atleta alegava ser mais novo.

Porém, dias depois de alcançar a marca do ‘mais jovem’ goleador da liga indiana, a AIFF publicou uma declaração em que admitia que os documentos de Gourav apresentados no Sistema de Registro Centralizado (CRS) estavam com problemas. A instituição enviou os papéis para análise do Comitê Disciplinar para análise.

Leia também:  Retrospectiva - Veja as notícias mais lidas do IG Esporte no ano de 2018

Nessa semana, o Comitê julgou Gourav como culpado por adulterar os documentos e o jogador ficará suspenso por seis meses. No curto comunicado divulgado pela AIFF, a entidade explica a punição .

“O Comitê Disciplinar da Federação de Futebol da Índia (AIFF) impôs uma suspensão de seis meses ao jogador do Jamshedpur FC, Gourav Muskhi, com efeito imediato. O Comitê considerou que o jogador é culpado com base nas provas apresentados por ele, nas suas admissões e nas declarações do Diretor da Academia Sub-16 da AIFF em 2015”.

Todos os documentos de Gourav registrados tanto no Sistema Central de Registro como no Sistema de Gestão da Competição, serão cancelados e revogados. A AIFF anunciou que o jogador e o clube poderão apresentar documentos originais válidos e apropriados para novos registros.

Gourav Mukhi chegou ao Jamshedpur FC no início da temporada de 2018. Anteriormente, o jogador originário de uma das mais populosas favelas da Índia (Dhatkidih Harijan Bustee), defendia o JFC Reserves, da segunda divisão local.

Leia também:  Do tênis ao futebol, veja os esportistas que foram destaque no ano de 2018

Durante a pré-temporada da equipe, o assistente técnico do clube da Índia chegou a elogiar Gourav por seu trabalho duro. “Ele aproveita as oportunidades de gol em campo rapidamente e seu arremesso é invariavelmente preciso. Espero que ele consiga uma boa pontuação na ISL”, disse Jagannath Behera na época.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.