Tamanho do texto

Polícia argentina investiga se o crime foi por conta da rivalidade entre River e Boca; dois suspeitos presos são torcedores da equipe derrotada na decisão

A festa após o título da Libertadores do River Plate terminou em tragédia para um torcedor do clube. Exequiel Aaron Neris morreu na última segunda-feira (10) depois de ser esfaqueado enquanto voltava para casa ainda no domingo (9). As informações são do jornal argentino Clarín .

Leia também: Torcedor argentino tem parada cardíaca antes da final da Libertadores em Madri

Exequiel Aaron Neris, torcedor do River Plate, foi esfaqueado e morto após festa do título da Libertadores
Reprodução/Clarín
Exequiel Aaron Neris, torcedor do River Plate, foi esfaqueado e morto após festa do título da Libertadores

De acordo com a publicação, o torcedor tinha 21 anos e foi emboscado por fãs do Boca Juniors. Ele estava com a camisa do River Plate no momento do crime. A polícia de Misiones prendeu dois suspeitos após o acontecimento, sendo um de 18 anos e outro de 26. A artéria femoral, localizada na perna esquerda, foi atingida pela facada.

Leia também: Festa da torcida do River Plate em Buenos Aires acaba em confusão e 20 presos

Os investigadores encontraram a faca utilizada no ataque em um lixo próximo do local que Exequiel foi emboscado. Fora isso, a polícia apreendeu roupas que estavam com manchas de sangue em posse dos suspeitos.

As autoridades agora irão investigar para saber se o crime foi motivado por conta da rivalidade entre as torcidas. Lúcia, mãe de Exequiel, afirmou que o filho disse que foram torcedores do Boca Juniors que o atingiram. "Eles me atacaram por eu celebrar o jogo, por ser fã do River".

A festa do título no obelisco em Buenos Aires

Leia também: Retrospectiva: Confira as maiores decepções do esporte no ano de 2018

O jornal informa ainda que vizinhos viram o jovem  torcedor correndo cerca de 100 metros após ser esfaqueado e que depois ele caiu perto da casa de um amigo e pediu para que seu irmão fosse avisado. Ele foi socorrido e levado a um hospital, mas morreu na segunda-feira por não resistir aos ferimentos.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.