Tamanho do texto

Os documentos divulgados mostram como o atacante francês quase foi parar na Espanha e algumas mordomias exigidas para acertar com o PSG

O pequeno Mbappé posa ao lado do ídolo Cristiano Ronaldo
Reprodução
O pequeno Mbappé posa ao lado do ídolo Cristiano Ronaldo

O site "Football Leaks"divulgou nesta quarta-feira (07), detalhes da transferência de Mbappé do Monaco para o PSG , e como o craque quasou parou no Real Madrid , que aceitou pagar 214 milhões de euros (cerca de R$ 918 milhões) pelo francês.

Leia também: Mbappé é o jogador mais valioso do mundo, aponta estudo; Neymar é o terceiro

O valor é superior aos 180 milhões de euros que o  PSG pagou por Mbappé porque o clube espanhol concordou também em pagar os 34 milhões de euros de impostos da transação.

Segundo o jornal "Marca", da Espanha, a negociação melou quando o pai do jogador, em uma reunião com Florentino Pérez em Los Angeles, pediu mais 30 milhões para aceitar a proposta, o que não agradou o presidente do Real.

Por fim, no último dia da janela de transferências de 2017, Mbappé foi emprestado para o PSG com a cláusula de compra obrigatória no ano seguinte por 180 milhões de euros.

Exigências de Mbappé

Kylian Mbappé
Reprodução
Kylian Mbappé

Leia também: Presidente da Juve sonha em formar trio com Cristiano Ronaldo, Mbappé e Pogba

Os documentos revelados pelo "Football Leaks" mostram também detalhes da negociação do atacante com o clube, que negou alguns pedidos.

Mbappé e PSG chegaram em um acordo onde o jogador recebeu 5 milhões de euros ( aproximadamente R$ 21 milhões) como bônus pela transferência, assim como um salário de 10 milhões de euros anuais (cerca de R$ 42 milhões).

Outras tantas exigências do jogador foram negadas pelo clube, como a que ele exigia ser o jogador mais bem pago do elenco caso fosse eleito o melhor jogador mundo, superando os 30 milhões de euros (R$ 128 milhões) de Neymar e praticamente triplicando o seu faturamento.

O PSG rejeitou também o pedido de um seguro caso o clube fosse punido pela UEFA por Fair Play Financeiro e ficasse de fora da Liga dos Campeões.

Leia também: Mbappé é punido por atraso no PSG e leva "sermão" de Buffon; Neymar aprova

Mais uma demanda negada pelos franceses foi a exigência de 50 horas anuais de um jatinho particular. O clube concordou, porém, em pagar 30 mil euros (R$ 128 mil) mensais com aluguel e três funcionários particulares, sendo um mordomo, um motorista e um segurança particular para Mbappé .

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.