Tamanho do texto

Guillermo Barros Schelotto foi punido pela Conmbeol por atrasar a volta do Boca Juniors para o segundo tempo de algumas partidas

Guillermo Schelotto não comandará o Boca contra o Palmeiras
Reprodução / Boca Juniors
Guillermo Schelotto não comandará o Boca contra o Palmeiras

O técnico Guillermo Schelotto foi suspenso pela Conmebol nesta terça-feira (30) e não poderá comandar o Boca Juniors na partida de volta da semifinal da Libertadores contra o Palmeiras nesta quarta-feira (31).

Leia também: Palmeiras vacila no fim, toma dois gols do Boca e se complica na Libertadores

Guillermo Schelloto foi punido por ser reincidente em atrasos da equipe na volta para o segundo tempo das partidas da competição. O treinador foi multado também no valor de US$ 1,5 mil (cerca de R$ 5,54 mil).

O regulamento da Conmebol prevê que o técnico "não poderá ter acesso ao vestiário, ao túnel de entrada, ao banco de reservas ou à área técnica durante a partida, e não poderá de maneira alguma se comunicar com sua equipe".

Leia também: Espanhóis analisam Palmeiras e Grêmio, possíveis rivais do Real no Mundial

Com a suspensão de Guillermo, a equipe argentina será comandada por Gustavo Schelotto, irmão gêmeo do treinador e integrante da comissão técnica. Os dois jogaram juntos na equipe de Buenos Aires e são ídolos por lá.

Os irmãos argentinos Guillermo e Gustavo Barros Schelotto jogaram juntos pelo Boca Juniors
Reprodução e Getty Images
Os irmãos argentinos Guillermo e Gustavo Barros Schelotto jogaram juntos pelo Boca Juniors

Assim como o treinador do Boca Juniors, Marcelo Gallardo, do River Plate, foi suspenso por retardar a volta de sua equipe para os jogos, e não comandará o time contra o Grêmio nesta terça-feira (30). Na partida de ida, os brasileiros levaram a melhor e saíram da Argentina com uma vitória por 1 a 0.

Leia também: Romarinho provoca Palmeiras e relembra final contra o Boca: "Assim que se faz"

Sem Guillermo Schelotto , o Boca visita o Palmeiras nesta quarta-feira (31), às 21h45, no Allianz Parque. A equipe brasileira precisar ganhar por três gols de diferença para reverter a derrota por 2 a 0 no jogo de ida, na Bombonera.



    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.