Tamanho do texto

O jogo de volta de semifinal entre Espérance de Tunis e 1º de Agosto acabou em confusão generalizada. O time da casa venceu por 4 a 2 e disputará final

Uma confusão deixou 51 feridos na Liga dos Campeões Africana, em jogo na Tunísia
Getty Images
Uma confusão deixou 51 feridos na Liga dos Campeões Africana, em jogo na Tunísia

Nesta semana, o futebol mundial assistiu a confrontos na Tunísia que resultaram em 51 feridos na Liga dos Campeões Africana.  Segundo os relatos de presentes, a briga aconteceu entre policiais e a torcida no jogo entre o Espérance de Tunis e o 1º de Agosto, na terça-feira (23).

Leia também:  Cantor Bob Marley é homenageado em uniforme de equipe irlandesa. Veja

O porta-voz do Ministério do Interior da Tunísia, Soufiane Zaag, se pronunciou nesta quarta-feira e disse que entre os feridos na Liga dos Campeões Africana estão 38 policiais e 13 torcedores do Espérance. A ala de torcida organizada, chamada de ultras, foi quem começou a confusão. Imagens mostram que algumas pessoas arremessaram pedras em direção aos policiais que revidaram com gás lacrimogêneo.

De acordo com o discurso do porta-voz, 12 pessoas foram detidas por atos de vandalismo e depredação do patrimônio público. O jogo era a volta da semifinal da Liga dos Campeões da CAF. O Espérance de Tunis tinha perdido o primeiro jogo para o 1º de Agosto, em Angola, mas venceu a partida por 4 a 2.

Leia também:  Marcelo nega oferta da Juventus e discute com repórter após vitória do Real

A grande final da Liga dos Campeões da Africa será entre o Espérance de Tunis e o Al-Ahly, do Egito. A primeira partida está marcada para o dia 02 de novembro e a volta dia 09 de novembro. Ambas não tem horário definido.

Assista abaixo o vídeo de parte da confusão:

“Foi tudo menos futebol. Aconteceram muitas coisas fora do campo, explodiram bombas, houve uma invasão de campo. É uma vergonha para mim e também para a organização. Isso não foi futebol, foi um filme de terror”, declarou o técnico do 1º de Agosto, o sérvio Zoran Majnolovic.

Que ainda acrescentou “Eu gostaria que alguém com responsabilidade visse toda a partida e as condições. Não era uma partida do campeonato local, era um jogo internacional. O que aconteceu é uma vergonha para o futebol mundial”, completou.

Leia também:  Torcedores do CSKA ficam feridos após pane em escada rolante na Itália

A competição é organizada pela Confederação Africana de Futebol – CAF que não se posicionou sobre punições ao clube Espérance de Tunis ou sobre qualquer ajuda e suporte aos feridos na Liga dos Campeões Africana , na última terça-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.