Tamanho do texto

Rocco Siffredi também falou sobre o processo de estupro que o craque português responde e disse acreditar na sua inocência

Ex-ator pornô famoso diz que já participou de swing com Cristiano Ronaldo
JUVENTUS/DIVULGAÇÃO
Ex-ator pornô famoso diz que já participou de swing com Cristiano Ronaldo

Um ex-ator pornô famoso fez altas revelações sobre Cristiano Ronaldo nesta sexta-feira, durante entrevista concedida ao programa "The Zanzara", da "Radio 24". 

Leia também: Outra mulher acusa Cristiano Ronaldo de estupro, dessa vez em Londres

O ex-ator pornô famoso em questão é o italiano Rocco Siffredi, conhecido no mundo do cinema adulto como Rocco Tano. Ele revelou que já participou de alguns eventos de swing no qual também estava o atleta da Juventus.

Swing é uma prática sexual em grupo, onde, geralmente, há troca de casais.

"Isso foi antes de ele ser famoso. Um exemplo é a festa de swig da boate Jessica Rizzo, em Roma. Alguém como ele participar de uma festa dessa significa que que ama a vida, que quer ter diversão. Naquela noite ele se divertiu", disse Rocco Siffredi .

Além disso, o ex-ator pornô também acredita na inocência do craque português, acusado de ter estuprado uma moça nos Estados Unidos, em 2009.

"Eu não acredito nessas histórias de garotas que dizem ter sido estupradas por alguém famoso, é muito raro que seja assim. Eu não acho que Cristiano Ronaldo é um monstro e que tenha estuprado alguém. Eu não acho que ele é esse tipo de bastardo. Impossível", contou.

Veja a entrevista:

No dia 28 de setembro, a norte-americana Kathryn Mayorga conversou com o jornal alemão e revelou que Cristiano Ronaldo teria pagado a ela 375 mil dólares para que ela não revelasse um estupro ocorrido em 2009. O grupo ‘Football Leaks’ vazou documentos do processo movido entre as partes.

Leia também: Cristiano Ronaldo está disposto a depor sobre caso de estupro

O craque português se defendeu dizendo que a acusação era "Fake News" e que as pessoas estavam querem ‘alimentar um espetáculo midiático’ montado às suas custas. Depois da repercussão do ano, outra mulher acusou Cristiano de estupro, no ano de 2005 enquanto o jogador ainda fazia parte do Manchester United.

A nota publicada pelos advogados faz menção aos documentos que foram vazados. “Em 2015, dezenas de entidades, incluindo sociedades de advogados, em diferentes partes da Europa foram atacadas e viram muita informação dos seus equipamentos eletrônicos ser roubada por um criminoso cibernético".

O advogado Christiansen citou que esses documentos estão sendo usados de maneira distorcida pela mídia. "Embora Cristiano esteja acostumado a ser objeto da constante atenção das mídias, é absolutamente deplorável que certos meios de comunicação continuem a propagar e estimular uma campanha deliberada de difamação baseada em documentos digitais roubados e facilmente manipuláveis", acrescentou.

Leia também: Pivô de escândalo sexual na Itália nega envolvimento com Cristiano Ronaldo

A nota termina dizendo que Cristiano Ronaldo "manifesta plena confiança em que a verdade prevalecerá". Dispensado da seleção de Portugal na parada para amistosos e disputa da Liga das Nações, o jogador viajou ao país natal junto com a namorada para fugir dos holofotes.

Independente disso, o  ex-ator pornô famoso italiano Rocco Siffredi acredita na inocência de CR7.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.