Tamanho do texto

Atacante brasileiro ofusca estrelas como Salah, Neymar e Mbappé e dá a vitória ao time inglês na primeira rodada da Liga dos Campeões

Foi com muita emoção, mas deu Liverpool contra o Paris Saint-Germain pela primeira rodada do Grupo C da Liga dos Campeões. Em partida que aconteceu nesta terça-feira, em
Anfield, os Reds venceram por 3 a 2 com gol de Roberto Firmino nos acréscimos e começaram a competição com o pé direito.

Leia também: Messi marca três e Barcelona abre Liga dos Campeões com goleada sobre o PSV

Roberto Firmino, com o olho esquerdo um pouco inchado, comemora o seu gol que deu a vitória do Liverpool sobre o PSG
DIVULGAÇÃO/LIVERPOOL
Roberto Firmino, com o olho esquerdo um pouco inchado, comemora o seu gol que deu a vitória do Liverpool sobre o PSG

A partida em Liverpool foi mandada praticamente pelos donos da casa, que abriram o placar aos 30 do primeiro tempo com Sturridge. Aos 36, o time de Jürgen Klopp ampliou com
Milner, mas viu Meunier descontar aos 40 e deixar tudo aberto para o segundo tempo.

Os 45 minutos finais, no entanto, foram mornos e com poucas chances de gol. Os principais jogadores dos dois times, Salah, Neymar e Mbappé, apagados, até que, em uma jogada que
envolveu os três, o jovem francês empatou, já aos 38 minutos.

A equipe parisiense não contava, no entanto, com o faro de gol e a qualidade de Roberto Firmino . O brasileiro, que começou no banco por conta de uma lesão no olho esquerdo e
entrou aos 27 minutos, fez o gol da vitória aos 46 em ótima jogada individual.

Desta forma, com o empate sem gols entre Estrela Vermelha e Napoli, outros times da chave, o Liverpool lidera com três pontos.

Leia também: Douglas Costa pega quatro jogos de suspensão por cusparada em adversário

Como foi a vitória do Liverpool sobre o PSG

Salah passou apagado na vitória do Liverpool sobre o PSG pela Liga dos Campeões
Reprodução/Twitter/LFC
Salah passou apagado na vitória do Liverpool sobre o PSG pela Liga dos Campeões

O Liverpool começou o jogo fazendo valer o fator casa e foi pra cima do Paris Saint-Germain. Logo aos cinco minutos Areola precisou salvar o time francês após chute de Van Dijk.
Aos sete, o goleiro defendeu em chute rasteiro de Milner.

No lance seguinte, Areola evitou gol olímpico de Salah, que tentou novamente aos nove minutos e viu o arqueiro defender. Depois foi a vez de Mané arriscar de fora da área e ver
o goleiro defender.

A primeira chance do PSG aconteceu apenas aos 16 minutos, com Neymar. O camisa 10 recebeu bom passe de Di María, se livrou da marcação e chutou firme, mas Alisson defendeu. No rebote, Cavani finalizou fraco e o goleiro ficou com a bola.

Após muito pressionar, aos 29 minutos o Liverpool abriu o placar com Sturridge. O atacante que substituiu Firmino subiu sozinho nas costas de Thiago Silva e cabeceou firme
depois de cruzamento de Robertson.

Aos 33, Neymar cobrou escanteio e Mbappé pegou de primeira, mas mandou para fora. Um minuto depois, Bernat cometeu pênalti em Wijnaldum. O experiente Milner foi para a cobrança e acertou o canto esquerdo para ampliar para o Liverpool.

O PSG parecia abatido, mas conseguiu diminuir ainda na etapa inicial. Di María cruzou e Cavani tentou o desvio, em posição irregular, a bola bateu na zaga e sobrou para Meunier.
O lateral, então, bateu de primeira e mandou no canto de Alisson.

O segundo tempo começou menos agitado. Aos 12, Salah chegou a balançar as redes, mas o árbitro anulou o gol por falta de Sturridge no goleiro Areola. Três minutos depois,
Alexander-Arnold avançou pela direita e cruzou, encontrando Sturridge sozinho no meio da área, mas o atacante cabeceou fraco.

Aos 26 minutos, Henderson cruzou, Van Dijk ajeitou e Salah chegou batendo, mas mandou para fora. A partida passou a ficar muito travada em Anfield. Aos 36, Mané quase ampliou em
forte chute. Un minuto depois, Salah errou na saída de bola, Neymar avançou, dividiu com a zaga e a bola sobrou para Mbappé, que bateu sem chances para Alisson e deixou tudo
igual.

Com 41 minutos jogados, Alexander-Arnold cobrou falta e tirou tinta da trave após leve desvio na barreira. Um minuto depois, Neymar lançou Draxler, que conseguiu se livrar da
marcação para finalizar, mas bateu em cima da zaga.

Leia também: Técnico Cuca descarta trabalho especial com Rodrygo: "Todos confiam nele"

Firmino bate para dar a vitória do Liverpool sobre o PSG
Reprodução/Twitter/LFC
Firmino bate para dar a vitória do Liverpool sobre o PSG

O Liverpool , então, decidiu ir para cima no final para tentar os três pontos que lhe pertenceu durante grande parte do duelo. Aos 46 minutos, a bola sobrou após escanteio e
Mbappé a perdeu. Firmino recebeu dentro da área, fintou Marquinhos e bateu cruzado para fazer o terceiro. Um golaço do brasileiro, que começou na reserva por conta de lesão no
olho esquerdo, para dar a vitória aos donos da casa.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.