Tamanho do texto

Confusão ocorreu na semifinal da Liga dos Campeões em abril e deixou torcedor do Liverpool em coma e com graves danos cerebrais

Um torcedor da Roma foi condenado nesta sexta-feira a dois anos e meio de prisão por seu envolvimento na  confusão entre os ultras do clube italiano e do Liverpool antes da primeira partida da semifinal da Liga dos Campeões, no dia 24 de abril, que deixou uma pessoa gravemente ferida.

O torcedor da roma Daniele Sciusco, à direita, já foi condenado a dois anos e meio de prisão. O outro, Filippo Lombardi, será julgado ainda este ano
Reprodução
O torcedor da roma Daniele Sciusco, à direita, já foi condenado a dois anos e meio de prisão. O outro, Filippo Lombardi, será julgado ainda este ano

O torcedor da Roma Daniele Sciusco, de 29 anos, havia sido indiciado pelas autoridades de Merseyside, por "desordem violenta", junto com o italiano Filippo Lombardi, 20, após os dois participarem das agressões contra o torcedor do Liverpool, Sean Cox, 53, que ficou em coma e com graves danos cerebrais.

Na ocasião, imagens de TV local mostraram um grupo de cerca de 25 torcedores perto do estádio. Diversas pessoas foram flagradas usando martelos e garrafas de vidro na pancadaria. Cox é irlandês e estava na Inglaterra para assistir a partida entre o clube de seu coração e a Roma.

Leia também: Torcedor joga água fervente e causa ferimento em atleta de 15 anos na Argentina

Ele estava com a família na hora do confronto. "Suas ações e as ações do grupo italiano mancharam significativamente o que pretendia ser uma ocasião esportiva e agradável", disse o juiz do caso, Mark Brown, ressaltando que todos torcedores "estavam armados com cintos e correntes e estavam ameaçando e sendo abusivos com os torcedores do Liverpool".

Lombardi, por sua vez, nega a desordem violenta e os danos corporais graves em Cox. Ele deve ser julgado ainda este ano.

O que disse a polícia sobre o torcedor da Roma

Parte do vídeo que mostra o torcedor da Roma brigando com outros do Liverpool, antes do duelo pela Liga dos Campeões
Reprodução
Parte do vídeo que mostra o torcedor da Roma brigando com outros do Liverpool, antes do duelo pela Liga dos Campeões

De acordo com o delegado Paul Speight, algumas testemunhas confirmaram que Sean Cox foi atingido em cheio na cabeça por um cinto. Alguns torcedores foram flagrados na pancadaria usando martelos e garrafas de vidro.

Leia também: Por incitar violência contra Messi, dirigente palestino leva multa e suspensão

Em comunicado, Roma e Liverpool condenaram a briga entre seus torcedores, que aconteceu nos arredores do inglês. A Uefa também anunciou à época que estava "chocada" e ressaltou que tomaria "medidas muito rigorosas". Meses depois, o torcedor da Roma acabou punido.

    Leia tudo sobre: futebol