Tamanho do texto

Meia de 34 anos jogará ao lado de Podolski, campeão do mundo em 2014, e de dois brasileiros em equipe que nunca conquistou o Campeonato Japonês

Depois de publicar uma foto ao lado do presidente Hiroshi Mikitani , o meia Andrés Iniesta foi oficialmente apresentado, nesta quinta-feira, como reforço do Vissel Kobe , clube da primeira divisão do Japão. De acordo com a imprensa local, o ex-Barcelona ganhará 30 milhões de dólares (cerca de R$ 109 milhões, aproximadamente) por ano.

Leia também: Santos só vai negociar Rodrygo com Barcelona, se pagarem dívida de Neymar

Andrés Iniesta é apresentado como reforço do Vissel Kobe, do Japão
Reprodução/Twitter/J_League
Andrés Iniesta é apresentado como reforço do Vissel Kobe, do Japão

Ao lado de Mikitani, dono do clube e CEO da Rakuten, empresa japonesa de comércio eletrônico e principal patrocinadora do Barcelona, Iniesta assinou o contrato diante de mais de 200 jornalistas, mostrou sua nova camisa 8 e respondeu a duas perguntas.

"É um dia especial para mim. Quero expressar a minha gratidão por confiarem em mim neste projeto. Tenho muita vontade de começar a trabalhar com os meus companheiros. Amo este país. Quero desfrutar da vida no Japão, tudo em geral, as pessoas... Quero ser mais um na cultura japonesa", afirmou o jogador de 34 anos.

"Esperamos, eu e a minha família, adaptarmo-nos rapidamente e aprender a cultura japonesa. Tenho muito respeito pelo futebol japonês e seus jogadores. São inteligentes e com grande nível técnico. Tive a sorte de ter muitas propostas, mas o projeto apresentado pelo Kobe foi interessante. A cultura japonesa também me parece maravilhosa", acrescentou.

A apresentação do craque espanhol aos torcedores será no próximo sábado, no estádio Kobe Wing, que tem capacidade para 42 mil pessoas. A festa será antes da partida contra o Yokohama Marinos, válida pela Copa da J-League. Já nesta quinta, o meia foi ao campo no Tokyo Dome e foi saudado durante o jogo de beisebol do Tohoku Golden Eagles, que também pertence a Mikitani.

Seu agora ex-clube, o Barcelona, deixou uma mensagem nas redes sociais: "Iniesta, boa sorte em sua nova aventura no Japão com o Vissel Kobe! Temos certeza que os fãs vão aproveitar sua magia. Vamos segui-lo", escreveu o clube catalão no Twitter.

Leia também: Falcao García é condenado a prisão e recebe multa milionária por fraude fiscal

A nova equipe de Iniesta nunca conquistou o a J-League (Campeonato Japonês). O melhor resultado foi em 2016, quando ficou em sétimo lugar. Na segunda divisão, foi vice-campeão em 2013. Atualmente, está na sexta posição após 15 das 34 rodadas disputadas.

Lá, assim como no Brasil, o calendário é anual, portanto parará para a Copa do Mundo. Antes, no entanto, acontecerão mais três jogos, pela Copa do Japão e Copa do Imperador. O dono do clube, Mikitani, exaltou a principal contratação da história.

"Iniesta é o jogador mais respeitado do mundo. Terá um impacto profundo no desenvolvimento do futebol japonês", afirmou. "Espero que a J-League cresça para ser uma liga que todo mundo queira ver", completou.

No Vissel, Iniesta jogará ao lado de Lukas Podolski, campeão mundial com a Alemanha em 2014, que deu boas-vindas ao craque em suas redes sociais. Lá também jogam dois brasileiros: os atacantes Leandro, revelado pelo Nacional-SP e que fez sua carreira na Ásia, e Wellington, que já jogou no Internacional e na Ponte Preta.


Leia também: Após saída de Sarri, Napoli fecha com Carlo Ancelotti por três temporadas

Saída do Barcelona

Com 34 anos de idade, sendo 18 como jogador profissional do clube, Iniesta disputou 674 partidas e marcou 57 gols. Foram nove títulos do Campeonato Espanhol, seis da Copa do Rei, sete da Supercopa da Espanha, quatro Liga dos Campeões e três do Mundial de Clubes. Em sua despedida, no último domingo, houve diversas homenagens no Camp Nou. Ele é considerado o principal jogador da história da Espanha e foi responsável pelo gol mais importante do país: contra a Holanda, na final da Copa do Mundo de 2010, que rendeu o primeiro e único título mundial.

Clique e baixe o 365Scores para ter resultados, dados, notícias, tempo real, vídeos e muito mais


    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas