Tamanho do texto

Zagueiro deixou os filhos na escola e bateu seu veículo com um caminhão

Jlloyd Samuel, ex-jogador do Campeonato Inglês
Reprodução
Jlloyd Samuel, ex-jogador do Campeonato Inglês

Uma triste notícia abalou o futebol inglês nesta terça-feira (15). O ex-jogador da Premier League, Jlloyd Samuel, faleceu nesta manhã em um acidente de carro. Nascido em Trinidad e Tobago, o zagueiro chegou a defender a seleção da Inglaterra nas categorias de base e depois, a equipe nacional de seu país de origem.

Leia também: Arquibancada cai e entrevista com Iniesta deixa 11 pessoas feridas na Espanha

Aos 37 anos de idade, segundo o jornal britânico The Sun , o ex-jogador do Aston Villa tinha acabado de deixar seus filhos na escola, na cidade de Warrington, no norte da Inglaterra. Em seguida, seu carro colidiu com um caminhão e pegou fogo. Uma testemunha ainda tentou tirar Samuel de dentro do veículo, mas não conseguiu.

"A Federação de Futebol de Trinidad e Tobago e os seus antigos companheiros de seleção expressam as mais profundas condolências à família de Samuel", escreveu a entidade do país de origem do atleta, lamentando a morte do jogador.

Leia também: Futebol é momento? Saiba como os jogadores da seleção brasileira chegam à Copa

"Estamos profundamente entristecidos com a morte do nosso ex-jogador Jlloyd Samuel, aos 37 anos, num acidente de carro. Nossos jogadores vão usar braçadeiras pretas como uma marca de respeito hoje à noite e nossos pensamentos estão com seus amigos e familiares neste momento muito difícil", escreveu o Aston Villa. O atleta foi revelado pelo clube em 1998 e atuou até 2007.

Leia também: Federação de jogadores contesta punição a Guerrero e pede reunião com a Fifa

Carreira

Jlloyd Samuel
Reprodução
Jlloyd Samuel

Revelado pelo Aston Villa em 1998, o ex-jogador Jlloyd Samuel teve passagens pelo Gillingham e Cardiff City. No ano de 2007, foi vendido ao Bolton Wanderers, clube que ficou até 2011, quando foi transferido para o Irã, jogando no Esteghlal por três temporadas e por fim, por um ano defendeu o Paykan.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.