Tamanho do texto

Treinador espanhol vai deixar o comando da equipe da capital francesa e admitiu que o camisa 10 chegou no time para tomar a liderança

Neymar Jr é visto pelo treinador Unai Emery como o líder do Paris Saint-Germain
Divulgação
Neymar Jr é visto pelo treinador Unai Emery como o líder do Paris Saint-Germain

Com sua saída já marcada do Paris Saint-Germain , Unai Emery comentou sua relação com o astro da equipe, Neymar. O treinador, que vai deixar o clube no final da temporada europeia, admitiu a dificuldade que é comandar um jogador como o brasileiro e ainda afirmou que o camisa 10 é o líder do time.

Leia também: Cavani confirma atrito com Neymar por causa da cobrança de pênalti

"Um dia, Jorge Valdano (treinador argentino) me disse a seguinte reflexão: "No Barça, o líder é Messi; no Madrid, é Florentino Pérez; e no Atlético de Madrid, é Simeone". Um jogador, um presidente e um treinador. Cada vez, um perfil de líder diferente. Sei quando sou a principal pessoa no grupo e quando não sou, é um processo que todo treinador deve viver e experenciar", afirmou Emery. "É algo que se aprende com tempo e experiência. Em cada clube, você deve saber qual o seu papel e o que você atribui ao resto do grupo. Minha opinião é que o líder do PSG se chama Neymar ".

"Ou mais exatamente: o líder se chamará Neymar, porque está se convertendo em um. Neymar chegou ao PSG para ser o líder, para viver o processo necessário para converter-se no número 1 do mundo. No Manchester City, o líder é Pep (Guardiola). E no PSG, o líder deve ser Neymar", completou.

Leia também: Para Ronaldo, "é impossível" Neymar ir para o Real Madrid no momento

Além disso, o ex-jogador espanhol ainda ressaltou suas atitudes para poder contribuir com Neymar. "A primeira coisa que fiz esta temporada foi definir qual era a prioridade. E foi isso: tenho que fazer Neymar feliz. Isso é o que vem primeiro, tê-lo feliz, não importa como. Tive muitas discussões com Neymar sobre isso. Algumas não funcionaram, mas outras tiveram muito êxito. Em uma delas, falamos durante 45 minutos de coração aberto. Foi um momento gracioso. Ele me escutou, e pude convencê-lo de certas coisas", disse o treinador .

Leia também: Real ou United? Se depender de Messi e CR7, Neymar já tem um novo clube

Saída do PSG

Unai Emery, treinador do Paris Saint-Germain, e Neymar
Reprodução
Unai Emery, treinador do Paris Saint-Germain, e Neymar

Depois de muitos rumores, Unai Emery confirmou sua saída do comando do Paris Saint-Germain . O treinador espanhol fez o anúncio depois do treino da equipe, ao lado do presidente Nasser Al-Khelaifi, e do diretor esportivo do clube, Antero Henrique.

"Eu comuniquei aos jogadores a minha saída. Eu agradeço ao presidente Nasser Al-Khelaïfi, ao diretor esportivo Antero Henrique, aos torcedores e a todos os jogadores por estas duas temporadas", disse Unai Emery. O ex-jogador de futebol ainda aproveitou a coletiva para comentar sobre a permanência do camisa 10 na equipe. "O PSG tem um projeto sólido. O Neymar quer evoluir e crescer com o clube", completou o treinador.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.