Tamanho do texto

Para decidir se atacante brasileiro iria para a sala de cirurgia ou não, clube francês e seleção brasileira fizeram uma reunião e entraram em acordo

A lesão de Neymar causou tumulto nos bastidores do Paris Saint-Germain
Divulgação
A lesão de Neymar causou tumulto nos bastidores do Paris Saint-Germain

Depois da lesão sofrida por Neymar, a indefinição no tratamento tomou conta do futuro do craque. De um lado, a Confederação Brasileira de Futebol era a favor de uma cirurgia, mas do outro, o Paris Saint-Germain tentava preservar o jogador sem que fosse necessário ir para uma sala de operação. De acordo com o jornal L'Equipe , para que chegassem a um acordo definitivo, uma reunião foi realizada na presença do atleta, de membros da CBF e do clube francês.

Leia também: Conheça a mansão de R$ 28 milhões onde Neymar vai se recuperar após a cirurgia

No entanto, segundo a publicação, o encontro teria sido um tanto quanto "tenso" por conta da divergência de opiniões e conflito de interesses. Além de Neymar e do pai do jogador, estavam presentes também Rodrigo Lasmar, médico da seleção brasileira, Eric Rolland, médico do PSG, e Gerrard Saillant, renomado médico esportivo que vai supervisionar a cirurgia do camisa 10 no Brasil.

O periódico afirma que a diretoria do time de Paris buscava outras alternativas antes de optar pela operação e tinha ainda, esperanças de que o atacante pudesse entrar em campo pelo jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões, contra o Real Madrid. Tanto que, em uma coletiva, o treinador Unai Emery chegou a negar de que uma cirurgia seria realizada.

Leia também: Presidente do PSG fala sobre decisão de cirurgia de Neymar: "A melhor opção"

Mas na reunião, depois de análises dos exames e de muita conversa, o PSG cedeu à pressão. Neymar vai operar no hospital Mater Dei, em Belo Horizonte (MG) e a recuperação pode ter duração de dois meses e meio a três meses. O camisa 10 do Paris Saint-Germain passará por uma cirurgia no quinto metatarso do pé direito sob o comando do médico da seleção brasileira Rodrigo Lasmar. A operação vai contar ainda com a presença do renomado cirurgião ortopédico Gérard Saillant, que já trabalhou com Ronaldo e Michael Schumacher.

Leia também: Médico escalado para cirurgia de Neymar já operou Ronaldo e Schumacher

A lesão 

O atacante brasileiro se machucou na vitória por 3 a 0 do PSG sobre o Olympique de Marselha pelo Campeonato Francês. Ele torceu o tornozelo sozinho, aos 34 minutos do segundo tempo, quando o time da casa já vencia o clássico por três gols de diferença. O treinador Unai Emery e o dono do PSG, Nasser Al-Khelaifi, demonstraram bastante preocupação no momento da  lesão  e após o jogo. Neymar foi um dos destaques dentro de campo durante a partida, participando ativamente do segundo tento e dando assistência para Cavani marcar o terceiro e fechar o placar. 

Clique e baixe o 365Scores para ter resultados, dados, notícias, tempo real, vídeos e muito mais


    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.