Tamanho do texto

Depois de acordo do clube da capital francesa com a CBF, Nasser Al-Khelaifi afirmou que acredita ter sido "a melhor opção"

Nasser Al-Khelaifi, presidente do PSG, comentou sobre a operação de Neymar
Divulgação
Nasser Al-Khelaifi, presidente do PSG, comentou sobre a operação de Neymar

Depois da confirmação de que Neymar vai fazer uma cirurgia para cuidar da lesão que sofreu no clássico contra o Olympique de Marselha pela 27ª rodada do Campeonato Francês, o presidente do PSG comentou o assunto. Embora os rumores da imprensa revelassem que o clube era contra a opção de ter o jogador operado, o dirigente afirmou que se tratou de uma "decisão conjunta".

Leia também: CBF ganha braço de ferro e PSG confirma cirurgia de Neymar

"Foi uma decisão conjunta. O médico do Brasil, nosso médico, o jogador, a família. Todos juntos. Todo mundo de acordo com a cirurgia, que eu penso ser a melhor opção. Foi uma decisão conjunta", enfatizou Nasser Al-Khelaifi, o presidente do PSG .

A operação acontecerá no Brasil, pelo Dr. Rodrigo Lasmar, médico da seleção brasileira, acompanhado pelo professor Saillant, do clube francês. Mas ainda não se sabe por quanto tempo Neymar ficará no país para recuperação. "Isso nós não sabemos no instante. Depois da operação os médicos irão avalia-lo e diremos isso depois", afirmou o dirigente.

Leia também: Zidane lamenta por Neymar: "Nunca vou desejar que rival não jogue por lesão"

Neymar pai

Al-Khelaifi aproveitou para agradecer ainda, o pai do jogador. "Eu gostaria de agradecer ao pai do Neymar, porque ele decidiu ficar aqui com a gente para o jogo contra o Real Madrid. Ele é um grande cavalheiro, um grande homem. Isso me tocou muito. Ele me disse: ‘Eu quero ficar com vocês, com a equipe, com o clube’. Isso mostra a todos que somos uma família, a família de Neymar, a família do clube, a família dos jogadores, uma grande família. Nós vamos estar unidos. Obrigado", disse.

Leia também: "Neymar exagera na encenação e vê-lo jogar pela TV me irrita", afirma adversário

A lesão

Neymar machuca o tornozelo pelo PSG
Reprodução
Neymar machuca o tornozelo pelo PSG

O atacante brasileiro se machucou na vitória por 3 a 0 do PSG sobre o Olympique de Marselha, no domingo, pelo Campeonato Francês. Ele torceu o tornozelo sozinho, aos 34 minutos do segundo tempo, quando o time da casa já vencia o clássico por três gols de diferença.

O treinador Unai Emery e o dono do PSG, Nasser Al-Khelaifi , demonstraram bastante preocupação no momento da lesão e após o jogo. O craque foi um dos destaques dentro de campo durante a partida, participando ativamente do segundo tento e dando assistência para Cavani marcar o terceiro e fechar o placar.

Contra o Real Madrid, o PSG precisa reverter a derrota por 3 a 1 na partida de ida para se classificar para as quarta de final da Liga dos Campeões. Se a missão já era dificil com Neymar, imagina sem ele.

Clique e baixe o 365Scores para ter resultados, dados, notícias, tempo real, vídeos e muito mais


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.