Tamanho do texto

Jogador brasileiro pleiteava receber um bônus de 26 milhões de euros prometidos pelo Barcelona, mas a Fifa não vai mais julgar o caso

Neymar deixou o Barcelona pela porta dos fundos e hoje é jogador do PSG
Divulgação
Neymar deixou o Barcelona pela porta dos fundos e hoje é jogador do PSG

O brasileiro Neymar perdeu a batalha jurídica em um processo que havia aberto contra o Barcelona  e não vai receber o bônus de renovação que pleiteava junto ao clube espanhol. Nesta sexta-feira, a Fifa rejeitou a queixa do jogador e encerrou a investigação sem obrigar que o Barça efetue o pagamento.

Leia também: "Se Neymar quer mesmo progredir no futebol, terá que jogar no Real Madrid"

 Segundo a Fifa, o processo não será levado adiante porque Neymar arquivou uma queixa diante de diferentes jurisdições.

"Após ser avisado que, aparentemente, a mesma questão foi submetida em paralelo diante de diferentes jurisdições pela mesma parte, a administração da Fifa informou às partes na disputa que, baseado na jurisprudência de longa data e na bem estabelecida jurisprudência dos órgãos de decisão da Fifa, não parecia estar em posição de continuar com a investigação do caso", disse um portavoz da entidade.

Leia também: Robinho "desprezou" vítima de violência sexual, diz relatório da sua condenação

O jogador do PSG, a princípio, fez uma reclamação à Fifa em agosto do ano passado, mas, em janeiro deste ano, o jornal espanhol "El Mundo" informou que ele tinha arquivado uma ação judicial com tribunais espanhóis contra o clube catalão em relação ao mesmo caso.

Leia também: Chinês dono do Milan declara falência apenas um ano após compra, diz jornal

Entenda

Quando se mudou para o PSG no meio do ano passado, Neymar apresentou uma solicitação junto à Fifa para que o clube catalão fizesse o pagamento de uma quantia que havia sido prometidas quando renovou contrato com em 2016, mas o Barça congelou o pagamento de 26 milhões de euros (R$ 104 milhões) assim que o jogador acertou sua transferência ao futebol francês.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas