undefined
Reprodução
Aos 25 anos de idade, Juan Fernando Quintero, jogador do River Plate, foi criticado por estar um pouco acima do peso

Em janeiro de 2018, o River Plate anunciou Juan Fernando Quintero como o novo reforço para a temporada. Considerado um dos melhores colombianos dos últimos tempos, o jogador defendeu em 2017 o Independiente Medellín por empréstimo. No entanto, sua chegada na Argentina foi marcada por um outro fator: seu peso.

LEIA TAMBÉM: Cristiano Ronaldo se irrita com câmera que o filmava após substituição; assista

Após a divulgação de imagens dos exames clínicos, o jogador de 25 anos de idade foi bastante criticado por estar aparentemente acima do peso. Mas com bom humor, rebateu às críticas: "Não sou gordo , sou um pouco bundudo", disse Quintero em entrevista ao jornal argentino  Olé .

Até o treinador do River Plate, Marcelo Gallardo, chegou a dizer que o meia estava sim com alguns quilos extras e assim, precisaria de um período de tempo maior para condicionamento físico. "Eu não jogava desde novembro. Eu estava um pouco acima do peso , mas não três quilos como disseram. Não que eu seja gordo, é minha contextura. Sou baixinho e desde pequeno eu gosto de musculação", completou o colombiano.

LEIA TAMBÉM: Jogador de clube português denuncia racismo da própria torcida

Chegada e estreia

"Estou muito feliz, é um clube em que quero estar, porque quero fazer história. É uma ótima oportunidade na Argentina , especialmente porque é uma grande equipe", afirmou o meia à ESPN local antes de se apresentar ao time.

Mas sua primeira aparição com a camisa do River Plate foi marcada de maneira positiva. Ao entrar Estádio Monumental de Núñez contra o Olimpo, pelo Campeonato Argentino, ele quebrou qualquer preconceito por causa de seu peso. Em 26 minutos dentro de campo, ele demonstrou habilidade e passou confiança para os torcedores. Na imprensa local, foi bastante elogiado e teve sua estreia chamada de "promissora".

LEIA TAMBÉM: Clube da Lituânia contrata jogador com base em dados errados do Wikipédia

Carreira

Nascido em Medellín no ano de 1993, quando a violência e o tráfico de drogas reinava no local, Juan afirma que herdou a paixão pelo futebol de seu pai. Jogador da categoria de base do Envigado, se profissionalizou pelo mesmo em 2009. Dois anos depois, foi para o Atlético Nacional e em 2012, para o italiano Pescara. Após uma temporada na Itália, foi para o Porto, tendo sido emprestado para o francês Rennes, Independiente Medellín e em 2018, para o River Plate.

    Leia tudo sobre: futebol

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários