Seleção do Chile esconderá símbolo da Nike em jogo na Copa América
Carlos Parra
Seleção do Chile esconderá símbolo da Nike em jogo na Copa América

Devido à desacordos contratuais com a Nike, a seleção chilena irá esconder os símbolos da marca norte-americana na partida contra a Bolívia, amanhã (18), às 18h, na Arena Pantanal, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa América.


A informação divulgada pelo veículo chileno "La Tercera" relata a alegação da Federação Chilena de Futebol de que a fornecedora de material esportivo não pagou valores na casa dos US$ 4,2 milhões (cerca de R$ 21 milhões) referentes à temporada 2019/2020.

A decisão de esconder o símbolo da Nike foi tomada de ontem (16) para hoje. Por conta da urgência do pedido e da proximidade do jogo, os roupeiros da 'La Roja' estão se agilizando para tampar a marca da empresa.

Na coletiva de imprensa realizada na tarde desta quinta-feira, o jogador Guillermo Maripán e o técnico Martin Lasarte ainda exibiam uniformes com o símbolo da Nike, mas para a partida de amanhã já é certo que eles serão 'escondidos'.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários