Cantillo, volante do Corinthians
Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Cantillo, volante do Corinthians

O Corinthians pagou nesta quarta-feira, ao Junior Barranquilla, da Colômbia, a segunda parcela da compra do volante Victor Cantillo. Por contrato, o alvinegro tinha até o final dessa semana para depositar a quantia de  600 mil dólares, valor confirmado com exclusividade pelo presidente Andrés Sanchez à reportagem do iG.

Com o acerto, informação dada primeiramente pela Gazeta Esportiva, o Corinthians poderá registrar o novo contrato do atleta.

Para contratar o volante e poder registrá-lo, o alvinegro fez, em janeiro, um primeiro pagamento de 900 mil dólares (na época R$ 3,7 milhões) e o jogador acertou um contrato por empréstimo.

Porém, para garantir a permanência em definitivo e 70% do passe, o clube precisava desembolsar mais esse valor nesse mês de julho. Além disso, no próximo ano, ainda está prevista uma terceira parcela de 1,3 milhões de dólares (cerca de R$ 7 milhões).

Recuperado da Covid-19 , o volante está à disposição de Tiago Nunes para a partida contra o Red Bull Bragantino, nesta quinta-feira, às 19 horas, no Morumbi, pelas quartas de final do Campeonato Paulista.

Entretanto, informações dão conta que o jogador, ainda abaixo fisicamente, deve ficar no banco de reservas e ser opção para a segunda etapa da partida. 

Além do retorno em campo, no clube é sabido que Cantillo desperta interesse de diversos clubes da Europa e pode render uma boa venda futura. Diante desses fatores, os dirigentes nem chegaram a cogitar perder o atleta e se movimentaram para garantir a quantia necessária.

    Veja Também

      Mostrar mais