undefined
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Sem dificuldades, e com o VAR funcionando, Palmeiras venceu por 5 a 0 e se classificou para as semifinais do Paulista

Foi um massacre! Depois de deixar os torcedores incomodados no duelo de ida, quando só empatou com o Novorizontino, o Palmeiras resolveu dar espetáculo na noite desta terça-feira. Sem dar chance ao rival, venceu por 5 a 0 e se classificou para a semifinal do Campeonato Paulista .

O grande destaque do jogo, que teve também participação ativa do VAR, foi Gustavo Scarpa. O meia do Palmeiras anotou dois gols e comandou o setor ofensivo alviverde. Felipe Melo, Dudu e Ricardo Goulart foram os outros artilheiros da noite.

Leia também: Morre Rafael Henzel, jornalista sobrevivente do acidente da Chapecoense em 2016

Agora, o Verdão espera os jogos desta quarta-feira - Corinthians x Ferroviária e São Paulo x Ituano - para saber quem será seu próximo rival. Uma coisa é certa: com o empate do Santos com o Red Bull Brasil , o alviverde tem agora a melhor campanha do Paulista e enfrentará o rival de pior colocação. Ou seja, se o São Paulo avançar, teremos "Choque-Rei" na semifinal.

O jogo - Palmeiras 5 x 0 Novorizontino

Precisando da vitória para avançar, o Palmeiras começou a partida com tudo. Com menos de dez minutos, já vencia o Novorizontino por 2 a 0, gols de Felipe Melo e Ricardo Goulart. O primeiro fez de cabeça após escanteio batido por Dudu, enquanto o segundo só teve o trabalho de escorar após desvio de Deyverson em cruzamento na área.

Com a boa vantagem, e vendo que o rival não tinha forças para reagir, o Verdão começou a cadenciar o jogo. Um dos únicos momentos de perigo dos visitantes aconteceu aos 24 minutos, quando Fernando Prass fez bela defesa após cabeceio de Jean Patrick. 

No início da etapa final, foi o momento do VAR entrar em ação. Com o auxílio da tecnologia, o árbitro assinalou pênalti após a bola tocar o braço de Everton Sena. Na cobrança, Scarpa só deslocou o goleiro rival e aumentou a vantagem alviverde. 3 a 0.

Leia também: De virada, Brasil vence Rep. Tcheca em último amistoso antes da Copa América

Aos 14 minutos, a cena se repetiu: bola na área do Novorizontino , VAR entrando em ação para dizer se houve pênalti ou não, desta vez após entrada no atacante Deyverson. Como da primeira vez, a tecnologia confirmou a penalidade. Desta vez, foi Dudu quem deslocou Oliveira e converteu. 4 a 0 para o Verdão.

A partir daí, o técnico Luiz Felipe Scolari começou a mexer na equipe e poupar alguns atletas. Deixaram o campo Felipe Melo, Ricardo Goulart e Deyverson, para as entradas de Lucas Lima, Arthur Cabral e Thiago Santos.

O Palmeiras seguia criando, até que conseguiu aumentar aos 31 minutos. Gustavo Scarpa, de novo ele, recebeu bom passe de Bruno Henrique dentro da área e chutou forte no canto esquerdo para ampliar.

Depois disso, os dois times pouco fizeram. Já sem esperanças, o Novorizontino apenas tentou se defender para evitar um placar ainda mais elástico, enquanto o Palmeiras tirou o pé e só esperou o tempo passar para comemorar a vaga na semifinal do Campeonato Paulista .

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários