PC de Oliveira alfinetou companheiro de emissora
Reprodução
PC de Oliveira alfinetou companheiro de emissora

Comentaristas de arbitragem da Globo, os ex-árbitros Sálvio Spínola, Sandro Meira Ricci, Paulo César de Oliveira e Fernanda Colombo realizaram uma reclamação com a direção da emissora por causa de uma fala de Arnaldo Ribeiro, participante do programa Seleção SporTV, em uma live no YouTube após o jogo entre São Paulo e Palmeiras no último sábado (31). A informação foi divulgada pelo site 'Notícias da TV'.

Ex-diretor e comentarista da ESPN Brasil, Arnaldo acusou os juízes do futebol brasileiro de basear suas decisões no que comenta o quadro do programa apresentado por André Rizek. A acusação foi feita sobre um pênalti não marcado para o São Paulo contra o Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro no último fim de semana.

— Para você entender a questão do pênalti revertido e o lance final, é o seguinte: o árbitro do VAR era o Péricles Bassols. Um árbitro péssimo e que virou comentarista de arbitragem na TNT. Sabe o que ele tem no WhatsApp? O grupo dos comentaristas todos. O pênalti do Marquinhos, quando atropela ele, passa por cima… O Luiz Flavio de Oliveira está de frente para o lance, é imperdoável. O Sálvio Spínola, na transmissão, fala que na visão dele não foi — disse Ribeiro.

— O Péricles Bassols manda no ouvido do Luiz Flavio de Oliveira, depois de ouvir o Sálvio: 'Dá uma olhada, na transmissão estão falando que não foi'. É assim que funciona o VAR o Brasil. Não tem interpretação do árbitro em campo. A interpretação é da câmera lenta, do cara do VAR e depois de ele ouvir a Central do Apito — completou.

Na segunda (2), os profissionais que integram a Central do Apito reclamaram formalmente com os seus chefes no Esporte da Globo, afirmando que se sentiram ofendidos pela fala de Arnaldo. Vale lembrar que o comentarista não é contratado fixo da Globo. (Veja na galeria abaixo fotos do jornalista)

Você viu?


No quadro do programa, gravado nesta semana por Fernanda, Spínola e PC de Oliveira, todos optaram por não entrar na polêmica, mas deixaram indiretas. 

— Mais uma vez eu tenho que ressaltar e vender o nosso peixe porque esse é o papel do comentarista de arbitragem, exatamente por essa análise técnica baseada na experiência que nós tivemos no campo de jogo, mas fundamentalmente na regra do jogo. Erramos e acertamos. Quando tem uma questão de interpretação, nós debatemos, mas quando é conceito da regra, a gente sempre tenta trazer aqui o que diz a regra e a maneira como ela deve ser interpretada — disse PC de Oliveira no quadro do programa, gravado nesta semana.

Procurado pelo site, Arnaldo afirma que a crítica não foi direcionado aos colegas de emissora, mas sim à utilização do VAR no futebol brasileiro.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários