Marcos Braz dirigente fez uma autocrítica sobre a renovação de contrato de Jorge Jesus
Instagram
Marcos Braz dirigente fez uma autocrítica sobre a renovação de contrato de Jorge Jesus

Jorge Jesus deixou o Flamengo há quase dez meses, mas o nome do treinador segue sendo assunto no Rubro-Negro, mesmo após as conquistas do Brasileiro e da Supercopa do Brasil. Em participação no programa "Arena SBT", o vice de futebol, Marcos Braz, foi questionado sobre os últimos momentos do português no clube carioca. O dirigente fez uma autocrítica sobre a renovação de contrato do comandante.


- Nós levamos quatro, cinco meses para fazer a renovação dele e era bem difícil. Vou confessar que depois que a gente renovou, a gente acreditava que tinha passado por esse obstáculo, mas era só o início de uma pandemia, da maior crise sanitária que enfrentamos. Então temos que relevar alguns pontos dessa saída. O Jorge foi uma pessoa correta comigo quando tomou a decisão. Acho que talvez a gente não precisasse ter feito a renovação, mas fizemos e depois me pegou de surpresa. Mas ele tem esse crédito, acho que a torcida também tem que dar esse crédito a ele. Acho que a pandemia e as indefinições foram a questão central - afirmou o dirigente.

Jorge Jesus  comandou o Flamengo por pouco mais de um ano. Pelo Rubro-Negro, conquistou o Campeonato Carioca, Libertadores, Brasileiro, uma Supercopa do Brasil e a Recopa Sul-Americana.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários