Lateral Rafinha
Lance!
Lateral Rafinha

Após a desistência do clube da sua contratação , o lateral-direito Rafinha prometeu dar explicações sobre a decisão do Flamengo de não trazê-lo de volta apenas na segunda-feira, mas antecipou algumas declarações neste domingo à TV Bandeirantes, em que detona alguns dirigentes do clube.

O jogador de 35 anos negou novamente que o entrave para o retorno tenha sido financeiro, e acusou alguns ‘vice-presidentes’ de orgulho por conta da saída repentina em julho de 2020 rumo ao Olympiacos, da Grécia .

"Quando as pessoas gostam muito, fazem por marra, birra, sentimento porque estão tristes porque saí ano passado. Coisa que todo mundo está falando de financeira, não tem nada a ver. Algumas pessoas da Gávea, do financeiro, alguns vice-presidentes estão zangados por que saí. Saí porque quis, não estou chorando por nada”, disparou Rafinha, dizendo que tinha uma proposta melhor.

O martelo sobre a desistência de Rafinha foi batido no Flamengo pelo presidente Rodolfo Landim. Na sexta-feira, o mandatário comunicou ao departamento de futebol, nas figuras do vice de futebol Marcos Braz e do diretor Bruno Spindel, que a negociação não aconteceria nos termos apresentados pelo jogador.

Antes do jogo contra o Resende, Landim indicou aos subordinados que o compromisso da diretoria seria com o elenco atual e os funcionários do clube. Para manter as contas e os salários em dia em um momento complicado, com dificuldade na obtenção de receitas, Rafinha não seria contratado.

A postura desagradou a uma ala ligada ao futebol, que viu a movimentação de outros vice-presidentes na tentativa de enfraquecer as chances de acordo. Foi esse motivo político que fez Rafinha se pronunciar e dizer, depois de ser avisado da desistência pelo vice e pelo diretor de futebol, que a razão não era financeira.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários